• Cidinha da Silva: Atotô

    Agosto é mês de gosto. E das coisas que mais me encantam é ver o povo de Obaluaê na rua, meu povo também, alimentando a tradição de distribuir saúde e fartura pela pipoca. Quem tem saúde, tem fartura. Uma senhora esmola na Avenida Sete acompanhada de um irmão mais...
  • KUARUP LUZ MELODIA, O SOL NÃO ADIVINHA NO CORAÇÃO DO BRASIL

    As cinzas do professor voaram sobre o ar da floresta e os rios que correm para o norte. Ao pó voltou sobre as árvores e águas, em ciência, legado e legitimidade. Fertiliza e aprimora. Elemento terra, telúrico, aquele que tem luz e salva, enfim. Ao grande Xingu silencia a dor...
  • Precisamos falar sobre Dilma

    Publicado originalmente por Alexandre Santini* na ANF – Agência de Notícias das Favelas Nesta semana, a Câmara dos Deputados deve rejeitar a denúncia e o pedido de investigação contra Michel Temer. Apesar das evidências explícitas, do flagrante delito, da conversa indecorosa com um empresário corrupto na calada da noite...
  • FLIP INSURGENTE: Minorias políticas rodam a baiana e avisam que não deixam mais o palco literário de Paraty

    Os leitores de hoje têm mais fome de realidade do que de ficção? Essa pergunta dirigida aos  debatedores estrangeiros da Festa Literária Internacional de Paraty saiu do painel “Trótski e os trópicos” sem uma resposta contundente. Mas tudo o que aconteceu na 15ª edição do evento, encerrado neste domingo...
  • LITERATURA MILITANTE: Maior evento literário do Brasil torna-se palco de protesto contra obscurantismo social do país

    É verdade que o escritor negro Lima Barreto morreu pobre, doente, desprezado e enlouquecido, sem o reconhecimento que seu talento e sua inteligência mereciam. Mas sua luta por um lugar na literatura do Brasil racista do início da República está longe de ter sido em vão, temor que deixou...
  • JÁ QUE DEPOIS DE MAIS DE CINCO SÉCULOS

    Querem tomar tudo que lhe resta, como uma mulher no fim do mundo, canta Elza Soares. Deixa o índio,  insiste o refrão ao fim da música gravada pelos que na MPB também resistem. O mundo triste vai encantando aquilo que estava adormecido, aquilo que pensávamos superado. O retrocesso nos afoga...
  • Cidinha da Silva: A cadeira de Miss Davis

    Eu sou uma mulher de sorte. Esta afirmação tem a força de atrair cada vez mais os bons augúrios e afastar a desinsorte, já que aquele nomezinho de quatro letras nem pronuncio. Acontece que fui a Cachoeira turistar com familiares e à noite resolvi tietar amigas que participavam de...
  • MUNDO INSONE, MUNDO TORTO

    Nessa madrugada pensava insone no significado da palavra PARECER. Lembrei-me de Um Rio Chamado Tempo, Uma Casa Chamada Terra, onde o escritor Mia Couto, indo ao encontro de seu morto, escreve: e onde encontrar a razão daquele castigo, de quem seriam as culpas? Dava medo até indagar sobre as...
  • PERDENDO OS LIMITES

    Respeito e gratidão são palavras que não rimam com mercado, economia ou capital. Em 2015 deu-se em Paris a Assembléia dos Guardiões da Mãe Natureza, a qual reuniu representantes indígenas, organizações do planeta preocupadas com a qualidade de vida dos povos originários, que chamaram a atenção para o fato...
1 2 3 5