Mais recentes: Cultura

  • “O que não é floresta é prisão política”, está na galeria Reocupa

    Dia 15 de setembro teve início a primeira ativação da galeria Reocupa com a exposição “O que não é floresta é prisão política”, no saguão do antigo prédio abandonado pelo Estado, onde um dia funcionou a sede do INSS,em São Paulo. O lugar que o Estado abandonou hoje está...
  • Elisa Lucinda: Quero a história do meu nome

    É Brasil. Há uma esfera civil que os perseguidores da democracia não alcançam. Algo parece estar para acontecer. Estou em Brasília no Simpósio Internacional “Indígena-Negro, da ancestralidade ao futuro”, promovido pelo MPT e a OIT. Estou entre os meus e descubro que minha tribo me perdeu. Quando entraram aqueles...
  • O amor em tempos de crack

    Diz a Ela Que Me Viu Chorar é um daqueles filmes que você se mexe na cadeira do cinema a todo momento. Algo angustiante, algo que incomoda, e incomoda muito. As personagens vão sendo apresentadas. Um universo muito distante de você. Pessoas que usam “crack” que tentam uma saída...
  • Lançamento dos Diários de Celso Furtado #SP

    A Cia das Letras está lançando desde outubro Diários Intermitentes 1937-2002 de Celso Furtado, organizado por Rosa Freire D’Aguiar, viúva de Celso. Rosa reiterou, no evento de 04.11.2019, na Livraria da Vila em Pinheiros (São Paulo) que os cerca de 13.000 livros da biblioteca de Celso (7 toneladas por...
  • BACURAU NOS DEU UMA MÁ NOTÍCIA

    ARTIGO Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia Bacurau, filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, lançado no circuito brasileiro neste ano de 2019. Nas últimas semanas, a bolha da oposição civilizada e intelectualizada ao bolsonarismo não falou em outra coisa. Bacurau...
  • Fica Ancine

    Nesta terça-feira, dia 17 de setembro de 2019, profissionais do audiovisual brasileiro quebraram o jejum das ruas realizando o primeiro ato de 2019, chamado “Fica Ancine”, contra a censura, pela normalização das atividades da Agência Nacional do Cinema, e pela manutenção do seu escritório central na cidade Rio de...
  • Se for, vá na paz: Em Bacurau (e no cinema), o buraco é mais embaixo do que supõe a nossa politicagem

    Era inevitável, na verdade. Após as primeiras semanas da euforia que acompanharam a estreia de Bacurau no circuito cinematográfico brasileiro, a reação adversa a ele tinha que chegar. Faz parte do ciclo de vida de um produto cultural que as vozes contra ele se levantem, e isso nunca foi...
  • Bacurau: Distopia-manifesto de um Brasil que resiste

    Por Valéria Regina Dallegrave* Bacurau é impressionante pela coragem de levar às raias de fato, a violência muitas vezes simbólica contra nordestinos e brasileiros, no cenário nacional e internacional. Considerando a intenção das distopias de ficção científica como de nos alertar sobre futuros possíveis, que podem ser evitados, o...
  • Empresária cria bonecas negras para vender e enfrenta o racismo no mercado de brinquedos infantis

    Do Mídia 4P, por ANDERSON SOTERO Era uma vez uma mãe de uma criança que não conseguia encontrar, para o filho recém-nascido, brinquedos em que o bebê pudesse se identificar. Nas lojas, só encontrava bonecos e personagens brancos. Não havia brinquedos em que as crianças negras pudessem se ver....