TJ-SP

  • Marcelo D2, indignado com o massacre de Paraisópolis e censurado pela Justiça de São Paulo

    Desembargador censura Marcelo D2 porque chamou Doria de “assassino”

    Como é que se deve chamar alguém que “libera” 100 mil homens fortemente armados, que estão sob suas ordens, para matar? “Assassino” seria um bom jeito de denominar o sujeito que, por acaso, é o governador de São Paulo, João Doria Jr. Pois Doria é o chefe da maior...
  • TODO APOIO À AMELINHA TELES e SUA FAMÍLIA

    Amélia Teles, mais conhecida por Amelinha, é uma guerreira imprescindível para o Brasil. Para alertar o país sobre a barbárie que foi a Ditadura Militar, ela contou sua história de resistência e sofrimento no horário eleitoral do candidato Fernando Haddad. Amelinha foi torturada pelo coronel Carlos Alberto Brilhante Ustra,...
  • A dor da perda amplificada com a dor da injustiça

    No dia 6 de outubro de 2016, Ato em Memória aos 24 anos do massacre do Carandiru, que percorreu as ruas do centro de São Paulo e terminou em frente do Tribunal de Justiça na praça da Sé, foi marcado ela dor e pela angustia diante da anulação do...
Social Widget
Social Widget