Mais recentes: Opinião

  • O aspecto positivo do discurso de Bolsonaro

    ARTIGO RODRIGO PEREZ OLIVEIRA, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia Terça-feira, 24 de setembro de 2019. Jair Bolsonaro protagonizou aquele que talvez tenha sido um dos maiores vexames da história da diplomacia. Em aproximadamente 30 minutos de discurso, o presidente do Brasil vomitou no púlpito...
  • A esquerda e o fetiche do crescimento econômico

    Quando a esquerda não aprende com os próprios erros, a impressão que fica é que ela não entende os erros como tais. O governador do Maranhão, Flávio Dino (PCdoB), atuou, praticamente, como lobista de mega corporações, acusadas, inclusive, de grilagem de terra, no caso que envolve a comunidade do...
  • BACURAU NOS DEU UMA MÁ NOTÍCIA

    ARTIGO Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia Bacurau, filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, lançado no circuito brasileiro neste ano de 2019. Nas últimas semanas, a bolha da oposição civilizada e intelectualizada ao bolsonarismo não falou em outra coisa. Bacurau...
  • SOBRE HOMENS E MONSTROS

    ARTIGO Vinícius Augusto Pontes de Carvalho, historiador, mestrando pela Universidade do Estado de Santa Catarina Vocês estão horrorizados com a política do governador do Rio de Janeiro, Wilson Witzel de fuzilamento de escolas, pedreiros, mulheres com bíblia na mão, crianças com chuteira na mochila e casas de moradores? Estão...
  • O PERIGO DE TER O BODE NA SALA

    ‘ RODRIGO PEREZ OLIVEIRA, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia Convido o leitor e a leitora a um exercício de imaginação: feche os olhos e imagine um bode aí no meio da sala, berrando, fazendo xixi e coco. Um bode bem no meio da sala...
  • Conservadores e revolucionários no Brasil do bolsonarismo

    ARTIGO RODRIGO PEREZ OLIVEIRA, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia  A disputa entre conservadores e revolucionários data do século XVIII e marca um dos primeiros capítulos da modernidade política. Enquanto em Paris, os revolucionários cortavam a cabeça da aristocracia, zeravam a contagem do tempo e...
  • Um tango argentino me vai bem melhor que um blues

    Já fui um adolescente anti-estadunidense, ainda acho deploravel quem tem Miami como marco cultural ou civilizatório, contudo aos poucos descobri Walt Whitman, Jack London, Dylan Thomas e a geração beat, esses caras, mais o combo jazz e blues, me fizeram mudar de opinião sobre os EUA, não sobre o...
  • NEOLIBERALISMO OU DEMOCRACIA

    ARTIGO Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia A eleição presidencial na Argentina é fato político de primeira importância para a América Latina. Nas prévias realizadas em 11 de agosto, Alberto Fernandez, candidato peronista ligado à família Kirchner, derrotou com folga o neoliberal...
  • A nuvem escura que nos cobre a todos

    A névoa que cobre a Avenida Paulista e encobre a lua na foto, não é das queimadas em Mato Grosso, onde vivemos hoje, ou de outros estados da região amazônica. É do gás lacrimogêneo lançado às centenas de litros pela PM sobre estudantes que protestavam contra o aumento das...