IFSP: Ataque a todas as representações estudantis!

Já na primeira semana de trabalho da nova direção do campus do Instituto Federal foi divulgado um comunicado no qual todas as entidades estudantis são orientadas a retirar seus pertences de suas salas. O aviso foi divulgado sem que a nova gestão tenha tentado um diálogo com as representações estudantis ou dado um aviso prévio

LER MAIS »

Governistas desfiguram Programa de Alimentação

Nos próximos dias serão votados dois Projetos de Lei (PL) 3.292/2020 (do Deputado Federal Vitor Hugo, PSL-GO), o 4.195/2012 (e do deputado Afonso Hamm, PP-RS) e seus apensos. Esses PLs querem mudar a Lei do Programa Nacional de Alimentação Escolar (Lei 11.947/2009 – PNAE).
Governistas querem:
– A retirada de prioridade das aquisições de alimentos produzidos por comunidades tradicionais indígenas, remanescentes de quilombos e assentados da reforma agrária para a alimentação escolar (PL 3.292/2020)!

– A determinação de que no mínimo 40% dos recursos repassados para o PNAE sejam utilizados para aquisição de leite (PL 3.292/2020)!

-A obrigatoriedade de inclusão da carne suína nos cardápios das refeições fornecidas pelo PNAE (PL 4.195/2012)

LER MAIS »

Manifesto em defesa da educação e da vida

Manifesto contra a ação do governo do Estado e da Prefeitura de São Paulo que ameaçam a vida da comunidade escolar, com a volta ás aulas presenciais no pico da pandemia. Nessas condições – e somente quando essas condições forem alcançadas e garantidas – as escolas e salas de aulas poderão novamente ser ocupadas pelos questionamentos, sonhos, aprendizados, debates, dúvidas, contradições e esperanças coletivas. Será possível, então fazer transbordar nelas de novo as falas esperançadas de Paulo Freire.
Basta de medo, de luto. Nossa luta não é apenas pelas professoras e professores. É pelos estudantes e suas famílias. É pelos funcionários, funcionárias e auxiliares. É por todos e todas. É pela vida.

LER MAIS »

Testagem da prefeitura de SP causa aglomerações

Aglomerações, perigo e protestos reduzem movimentação por testagem de trabalhadoras/es da educação e forçam prefeitura a alterar calendário
No segundo dia de testagem sorológica, realizado pela Secretaria Municipal de Educação, muitos profissionais (professoras/es, gestoras/es, supervisoras/es e quadro de apoio) não foram às unidades do CEU da cidade para a realização dos testes.

LER MAIS »

A militarização das escolas públicas não é o caminho

Por esta série de problemáticas, concluímos que a militarização das escolas não é o caminho. É a educação pública, gratuita, laica, democrática, inclusiva e de qualidade social que oferece formação ampliada para os sujeitos que vão transformar nossa realidade, por isto não abrimos mão do ensino crítico, criativo e emancipatório. O ensino militar vai na contramão do que significa a educação transformadora de mentes e corações. E neste cenário de tanta dor, morte, é a esperança de que juntos e juntas vamos construir um amanhã melhor que nos move. E este novo amanhã começa dentro de uma escola que humaniza e rejeita as violências como estratégias pedagógicas.

LER MAIS »
>