O pibinho e o vírus da incompetência

Por Orlando Silva(*) Bolsonaro assumiu a presidência da República em meio a uma onda de euforia dos agentes econômicos. Pudera, sua candidatura foi o desaguadouro do apoio da banca financista e do grande empresariado nacional e internacional, ávidos pela imposição de uma nova ordem econômica, política e jurídica que enterrasse as conquistas e garantias expressas […]

Voltar ao mundo? Argentina entre o FMI e o abismo

por Coletivo Passarinho O eixo discursivo central da campanha eleitoral de Mauricio Macri para a presidência foi “voltar ao mundo”. Era hora de superar o atraso e o isolamento da era Kirchner, aproveitar o grande potencial humano e produtivo da Argentina e produzir reformas capazes de reinserir o país na economia mundial. Nas falas televisivas […]

Brasil vive recuperação mais lenta de sua história

Selecionamos algumas passagens da entrevista. 1 A economia estacionou no fundo do poço O PIB caiu muito nos últimos dois anos, houve um forte aumento do desemprego, fatos que as pessoas conhecem e, mais do que conhecem, estão vivendo. Em 2017 a economia teve uma estabilização e um crescimento de 1%, ou seja, a economia […]

IPCA: preços não sinalizam crescimento econômico

A informação de que o IPCA de maio foi de 0,31% acendeu uma ponta esperança de termos, de fato, estancado a queda da atividade econômica e entrado em recuperação. Isso por que ainda não há sinais evidentes da volta do crescimento no emprego, no comércio varejista ou na indústria. O crescimento do PIB no primeiro […]

A inflação de janeiro foi baixa. Vamos comemorar?

Há um mês “celebramos” a queda da taxa de juros. A chamada taxa Selic caiu de 13,75% ao ano para 13%. Um corte ousadíssimo, dado o conservadorismo dessa diretoria do Banco Central. Naquele momento, dissemos que o corte não era um bom sinal, mas mostra de uma economia em forte desaquecimento. Agora, somos informados, pelo […]

O PIB de 2015 foi bom pra você?

Ano encardido esse 2015, não foi? Bem, vamos ver como foi para Olegária, a empresária, para Adenor, o trabalhador, e para Glenda, do Ministério da Fazenda. Avaliar o modo como a economia se comportou no ano anterior, para os diferentes atores e setores, pode nos ajudar a entender o momento econômico presente e a criar […]