Mariana

  • Quatro anos do crime da Vale em Mariana

    Quatro anos após o rompimento da barragem de rejeitos da Vale/Samarco, em Mariana, entidades e movimentos ingressaram com um caso perante a Comissão e Corte Interamericana de Direitos Humanos (OEA) pedindo a condenação do Estado Brasileiro pelas violações de direitos humanos cometidas ao longo da Bacia do Rio Doce....
  • Atingidos denunciam a Vale na Europa

    Atingidos, representantes de moradores e famílias vítimas de crimes cometidos pela mineradora Vale estão levando suas queixas e denúncias contra a empresa na Suíça, mais precisamente em Saint Prex, onde está a sua sede. “Fomos até a porta e pedimos uma conversa. A representante da empresa disse que ia...
  • O que eles querem ver?

    Por Mauro da Silva com o apoio de Miriã Bonifácio para o Jornal A Sirene (jornalasirene.com.br) Em Mariana, o “casarão” da Fundação Renova/Samarco, localizado na Praça Gomes Freire, está continuamente servindo como ponto turístico da cidade, onde são expostas maquetes referentes ao local de reassentamento de Bento Rodrigues e...
  • Saúde negada: atingidos por barragens pedem respostas em Minas Gerais

    Após dois anos do rompimento da barragem em Mariana (MG), a empresa Samarco continua negando ajudas básicas aos atingidos pela lama, como por exemplo um cuidado especial com a saúde dos habitantes das cidades atingidas. Hoje, dia 27 de Março, aconteceu na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG) uma...
  • Atuação do Ministério Público no maior crime ambiental do Brasil, a morte do Rio Doce

    Dois anos após o acidente Dr. Guilherme de Sá Meneghin, Promotor de Justiça do Ministério Público do Estado de Minas Gerais da Comarca de Mariana, comenta sobre o maior crime ambiental do Brasil cometido pela Samarco, em que momento se encontra o processo, sobre as indenizações e a atuação...
  • Jornada Rio Doce – A busca pelos atingidos de Mariana

    Por Carolina Rubinato Vigésimo quinto dia de Jornada pelo Rio Doce e sigo em busca dos atingidos de Mariana, as vítimas do crime cometido pela Samarco.Elas estão espalhadas pela cidade, difícil encontrá-las. Uma estratégia planejada pela empresa: separar os atingidos como uma forma de cortar laços e dificultar a...
  • A dor do Rio

    por Carolina Rubinato Quem já sentiu no corpo e na alma a dor da falta do oxigênio, sabe entender o grito dos peixes ao sufocarem na lama contaminada da Samarco. Febre amarela, câncer, são pequenas amostras de Pachamama – a mãe natureza, da falta de respeito do capital pelo...
  • As heranças da tragédia da barragem do Rio Doce

    Militantes do MAB, Movimento dos Atingidos por Barragens, da região do Vale do Aço estiveram na tarde do último dia 26 em frente à Justiça Federal de Belo Horizonte para forçar a inclusão dos atingidos na tragédia do Rio Doce, no processo de decisão da situação de Mariana, Barra...
  • A Vale comete crime ambiental, mas quem protesta que é preso

    Larissa Gould, do Barão de Itararé, especial para os Jornalistas Livres.Fotos: MST. Nesta quarta-feira (25), o MST — Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra realizou uma intervenção na Câmara dos Deputados Federais, em Brasília, em solidariedade às vítimas de Mariana e contra o novo Código da Mineração. Após a atividade quatro...