Podes crer

Quase 10 mil km² da remanescente floresta amazônica foram devastados, diz o Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), nos dados do PRODES, projeto de monitoramento do desmatamento da floresta amazônica brasileira por satélite. O programa calcula as taxas anuais de desmatamento, que foram divulgadas hoje, evidenciando a constante derrubada da floresta. Ficará furioso o presidente? […]