Escolas em Luta

  • Secundaristas voltam às ruas

    Na última sexta-feira (10), os secundaristas paulistas saíram mais uma vez contra as reformas impopulares do governo, principalmente a reforma do ensino médio tratada na MP 746, sancionado pelo Temer no último dia 16 de fevereiro. Com cerca de 100 manifestantes e envelopados o tempo todo por policiais conseguiram...
  • Diretas Já para derrubar Temer e restaurar a Democracia

    Por Raimundo Bonfim*, especial para os Jornalistas Livres O que causou o golpe? Nunca é demais lembrar que o golpe que derrubou a presidenta Dilma em 2016 foi tramado a partir dos interesses de grupos econômicos internacionais, com o objetivo de se apropriarem das riquezas nacionais, em especial petróleo,...
  • Resistência na Terra Firme

    por Louise Lessa, especial para os Jornalistas Livres Ocupada desde o dia 17 de Novembro, a EEEIFM Brigadeiro Fontenelle, localizada no bairro da Terra Firme em Belém do Pará, resiste como uma das ocupações restantes da cidade em um bairro de periferia dentre os mais populosos da capital paraense. Os...
  • Estudantes de Uberlândia preparam a Segunda Onda

    Uberlândia foi a cidade em que, proporcionalmente, mais escolas estiveram ocupadas em todo o Brasil. Das 34 instituições estaduais de ensino secundário, 29 chegaram a ter os alunos controlando os portões (https://jornalistaslivres.org/2016/11/ta-so-comecando/), até o Ministério Público conseguir, na semana passada, os mandatos de reintegração de posse que tentava desde...
  • Alunos ocupam novamente a E.E. Diadema.

    Depois de um ano da Primavera Secundarista de 2015, alunos voltam a ocupar escola em Diadema. Jornalistas Livres estiveram na Escola e conversaram com os alunos sobre suas motivações. No dia 10 de novembro de 2016, ao completar um ano da primeira ocupação contra a reorganização escolar, alunos da...
  • Ana Júlia: a voz que simboliza a luta da educação

    Por Ricardo Gozzi, especial para os Jornalistas Livres. De Curitiba A estudante paranaense Ana Júlia se despontou na tarde de 26 de outubro como símbolo nacional do movimento de ocupação das escolas públicas. Os holofotes voltaram-se para a secundarista quando, do alto de seus 16 anos, fez um comovente...
  • Tá só começando

    Há um mês, Uberlândia, no Triângulo Mineiro, vive uma revolução nas instituições de ensino. Vinte e nove escolas secundárias, das 34 existentes, e duas com ensino fundamental foram ocupadas pelos estudantes. Paralelamente, professores, técnicos administrativos e alunos da Universidade Federal de Uberlândia – UFU, assim como professores da rede...
  • Por que as ocupações em São Paulo duram menos de 24 horas?

    A luta secundarista tem sido fortemente marcada por repressões, tanto físicas como psicológicas, por parte da Polícia Militar. Desde a primeira reintegração de posse com mandato, feita no dia 09 de novembro de 2015, na Escola Estadual Fernão Dias Paes, a PM tem utilizado um conceito do Direito Civil...
  • Arte e educação de mãos dadas em BH rumo ao #OcupaTudo

    Foto-reportagem de Maxwell Vilela, para os Jornalistas Livres Os secundaristas de BH não ficam atrás na onda de ocupações do país. Os artistas Flávio Renegado e Pedro Morais estiveram visitando escolas para um bate papo com os alunos, falaram sobre o poder das ocupações e a necessidade e importância...