Golpe pra quê?

Parece que agora o presidente Jair Bolsonaro começa a fazer o movimento de descolamento do bolsonarismo, abandonando a agenda da ruptura disruptiva e adotando a estratégia do aparelhamento institucional

Eduardo Paes, ACM Neto e o amor pelo poder

Tolos são aqueles que odeiam os políticos profissionais e entram na onda desses outsiders neófitos aloprados que não entendem da máquina, que não sabem governar

Sem ressentimento, sem esquecimento

Reabilitar os direitos políticos e a reputação de Lula seria a única forma possível de confrontar, ao mesmo tempo, o lava-jatismo e o bolsonarismo

LULIZAÇÃO DE BOLSONARO?

Pra sobreviver, Bolsonaro precisará abandonar o bolsonarismo e ser um tantinho lulista, fazendo a tal comparação ter algum sentido

Qual será o lugar de Aras na história da crise democrática brasileira?

ARTIGO Rodrigo Perez Oliveira, professor de Teoria da História na Universidade Federal da Bahia Não é nenhuma novidade ver profissionais do Direito ocupando posição de grande influência política no Brasil. É algo tão antigo quanto a própria existência nacional. Basta lembrar de Joaquim Nabuco, que no final do século XIX disse que as “faculdades de […]