Venezuela frustra ataque de mercenários

Grupo partiu da Colômbia por mar, mas foi surpreendido e desarticulado em Macuto

Um grupo de mercenários que partiu da Colômbia tentou invadir a Venezuela na manhã deste domingo por via marítima, mas foi surpreendido e rechaçado pelas forças venezuelanas. Vários deles foram mortos ou detidos em Macuto, no estado de La Guaira, segundo o ministro do Interior e Justiça Néstor Reverol. Ele explicou que a tentativa de entrar no país foi através das costas do estado de La Guaira, no norte da Venezuela, por meio de lanchas. Reverol informou que vários dos “terroristas” foram mortos na operação e outros capturados, e um arsenal de rifles de assalto foi apreendido.

A tentativa de agressão à Venezuela ocorre quase exatamente um ano após a frustrada tentativa de golpe liderada pelo deputado da oposição Juan Guaidó, em Caracas, acompanhado pelo líder de direita Leopoldo López.

“Um grupo de mercenários terroristas da Colômbia tentou realizar uma invasão marítima com o objetivo de cometer atos terroristas no país, perpetrando assassinatos de líderes do governo revolucionário e aumentando a espiral de violência e, com isso, levar a uma nova tentativa de golpe. Parece que as tentativas imperiais frustradas de derrubar o governo legitimamente constituído, liderado pelo presidente Nicolás Maduro, os levaram a formular ações excessivas”, afirmou Reverol hoje, depois de declarar um estado de “resistência permanente e alerta” no país sul-americano.

Conforme foi detalhado pelos militares venezuelanos, o ataque foi detectado “graças ao trabalho profissional e científico das agências de inteligência e contra-inteligência, bem como à execução permanente da operação militar e policial ‘Escudo Bolivariano‘, que garante a vigilância contínua do espaço. geográfica da nação“.

O homem à direita de Juan Guaidó teria sido morto durante o ataque

Vídeos que circulam nas redes sociais relataram o sobrevoo de helicópteros e detonações ocorridas na área de Macuto nas primeiras horas da manhã. Mais tarde, usando barcos, mergulhadores tentaram recuperar parte do armamento que estava com os invasores.

Categorias
Geopolítica
2 comentários:
  • Bernardo Melo
    4 maio 2020 at 5:46
    Comente

    Trumpeiros covardes , Venezuela unida haverá de ser respeitada , americanos imperialistas continuam em busca do petróleo alheio .

  • Enrique Andres
    6 maio 2020 at 12:37
    Comente

    Não terão sucesso aqueles que tentarem derrubar Maduro, ele está amparado pela lei e apoiado pelo povo.

  • Deixe uma resposta

    AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish

    Relacionado com