Lição de coragem e Democracia: dois alunos do Colégio Bandeirantes exigem Lula Livre bem ao lado de Bolsonaro

O menino Ivan, de 15 anos, e G., de 16 anos, fizeram o sinal de Lula Livre a dois metros do rosto de Bolsonaro e mostram que acreditam no direito de divergir

O menino Ivan, de 15 anos, e G., de 16 anos, fizeram o sinal de Lula Livre a dois metros do rosto de Bolsonaro e mostram que acreditam no direito de divergir
O menino Ivan, de 15 anos, e G., de 16 anos, fizeram o sinal de Lula Livre bem ao lado de Bolsonaro

Por Laura Capriglione e Lina Marinelli, dos Jornalistas Livres

“E este movimento do pessoalzinho aí que eu cortei verba, o que vocês acharam?”, indagou Jair Bolsonaro a um grupo de 36 alunos do Colégio Bandeirantes, o Band, como a escola é carinhosamente chamada, que faziam uma excursão pela Capital Federal neste sábado (18).

“Um lixo. A gente é estudante de verdade. A gente estuda”, respondeu um dos alunos.

A imprensa deu destaque para a frase do aluno chamando seus colegas das escolas públicas e de várias particulares de “lixo”. Deu voz para os estudantes gritando “Ô Bolsonaroooo, cadê você, eu vim aqui só pra te ver”.

Seria a prova de que, ali, onde se pratica um ensino hiper-competitivo, todos os alunos e professores endossam os cortes de 30% nos orçamentos das universidades e institutos federais de ensino. Só que não.

O que não se mostrou, o que a assessoria de imprensa de Bolsonaro escondeu e o Colégio Bandeirantes convenientemente deletou foi a “foto pra posteridade” do encontro de Bolsonaro com os alunos. Por quê?

Porque ali, no meio de tanta festa, de tanta balbúrdia, de tantos sorrisos perfeitos de estudantes brancos, 15-16 anos, frequentadores de uma escola de elite, que cobra mensalidades de R$ 4.000… Ali, bem pertinho de um Bolsonaro “simplão” na medida certa, de sandália, short amarelo e a camisa do segundo uniforme da Seleção Brasileira, feliz por ainda receber algum apoio quando até mesmo os entusiastas de sua candidatura pulam do barco… Bem, ali, no meio da festa, dois estudantes tiveram a coragem de destoar da farra, conscientes de que não há o que comemorar no Brasil dos nossos dias.

Trata-se de Ivan, de 15 anos, e G., de 16 anos, que corajosamente, no meio da euforia juvenil do presidente e seus fãs, ousaram desafinar o coro dos contentes e fazer um “L” perfeito, “L” de Lula Livre, contra o desmanche da Educação e a destruição de direitos, que Bolsonaro representa.

Tem mais: quatro alunas não quiseram sair na foto-felicidade e retiraram-se, chorando.

Mauro de Salles Aguiar, diretor presidente do Colégio Bandeirantes, apoiou o presidente Jair Bolsonaro nas últimas eleições (fez campanha contra Fernando Haddad e o PT), além de explicitamente endossar a candidatura da atual senadora Mara Gabrilli, do PSDB de São Paulo, enviando propaganda aos pais.

Para ele, os Jornalistas Livres enviaram o seguinte questionamento:

Prezado professor Mauro Aguiar,

Estamos escrevendo uma reportagem sobre o encontro do presidente Jair Bolsonaro com os estudantes do Colégio Bandeirantes, neste sábado (18).

Segundo uma mãe de aluno essa atividade de visita a Brasília é realizada todos os anos. Havia outros colégios visitando o palácio no mesmo momento, mas o presidente resolveu conversar apenas com os seus alunos. Por quê?

O senhor apoiou o presidente Jair Bolsonaro nas últimas eleições (fez campanha contra Fernando Haddad e o PT), além de apoiar a candidatura da atual senadora Mara Gabrilli, do PSDB. Qual a sua opinião sobre a Escola Sem Partido, projeto tão caro ao presidente Jair Bolsonaro?

Gostaríamos de entrevistar o estudante que trava o diálogo a seguir com o presidente. Claro que isso seria feito com a anuência dos pais ou responsáveis. O senhor poderia intermediar esse contato?

Aqui o diálogo:

“E este movimento do pessoalzinho aí que eu cortei verba, o que vocês acharam?”, indagou Jair Bolsonaro a um grupo de 36 alunos do Colégio Bandeirantes, uma das escolas mais caras de São Paulo, que faziam uma excursão pela Capital Federal neste sábado (18).
“Um lixo. A gente é estudante de verdade. A gente estuda”, respondeu um dos alunos.”

Hoje, domingo (19), os meninos e meninas do Band chegarão a São Paulo, vindos de avião de Brasília. No saguão do desembarque, a mãe de Ivan, Fabiana Kelly, estará com outras mães, para levar uma mensagem de tolerância e amor a todos os alunos, e de solidariedade a Ivan e aos demais membros da comunidade escolar que se sentiram usados e ultrajados pela propaganda pró-Bolsonaro.

“Eles não autorizaram que tivessem suas imagens juvenis usurpadas pela máquina de campanha do presidente.”

“Mas nossos cartazes são de amor e de ênfase no diálogo. O bullying com quem pensa diferente de nós é um caminho sem volta para a barbárie”, diz Fabiana.

Nesta segunda-feira (20), o Colégio Bandeirantes enviou à imprensa a seguinte nota, que reproduzimos na íntegra:

“Há 6 anos, os estudantes do ensino médio do Colégio Bandeirantes fazem uma viagem para Brasília. Acompanhados de professores de história e geografia, os alunos têm a oportunidade de conhecer o Palácio da Alvorada, o Senado, a Catedral Metropolitana de Brasília, entre outros espaços. A proposta é promover uma vivência em lugares onde a política brasileira acontece, saber mais sobre personagens da história do Brasil e, ainda, desfrutar da arquitetura e da arte presentes na capital. Para a surpresa da equipe pedagógica e dos próprios jovens, pela primeira vez, um Presidente da República  recepcionou-os de forma não programada e casual. Sem restrição ideológica, a instituição valoriza a pluralidade, o pensamento crítico e a liberdade de expressão de sua comunidade de estudantes.”

Categorias
#EleNãoBrasíliaDemocraciadesobediência civilDestaquesEducaçãoEscolas em LutaEstudantesGeralLulaLula LivreMovimento EstudantilPolíticaPT
20 comentários:
  • KAUE
    19 maio 2019 at 22:27
    Comente

    Que merda em kkkkk, corte de 30%, ainda estão insistindo nessa ?

    • Laura Capriglione
      19 maio 2019 at 23:44
      Comente

      Sim, Kauê! O próprio Bolsonaro chama de cortes, quando lhe convém. Foi assim na própria conversa entre ele e o estudante do Bandeirantes. Preste atenção! E é corte (e Bolsonaro sabe disso) porque não há hipótese de a economia melhorar, com a bagunça que o governo está patrocinando em todas as áreas –inclusive no comércio exterior, dificultando as exportações de commodities do Brasil para os países árabes e a China, além da Europa.

  • José Carlos
    19 maio 2019 at 22:46
    Comente

    Muito bom ver jovens reagindo. Sinal de que não estão vendados como tantos outros. Em relação a imaturidade do sr presidente no comentário infeliz, como tantos outros, a respeito do “movimento do pessoalzinho aí que eu cortei verba”, todos os alunos precisavam reagir, principalmente porque, pelo que sei, muitos pagam uma boa mensalidade com desejos de ingressarem numa faculdade Federal, agora com corte nos investimentos. Amei a foto e, como já era de se esperar, nenhum negro!

  • THEREZINHA DE CARVALHO ALVES
    19 maio 2019 at 22:49
    Comente

    Coragem para enfrentar o imbecil. Esses alunos estão de parabéns. Apesar da maioria desses pais apoiarem Bolsonaro, dois alunos esclarecidos e politicamente conscientes pensam o contrário. Parabéns Ivan e J. Brasil livre. Imbecis voltaram em Bolsonaro. O brasileiro precisa acordar antes que ele afunde ainda mais o Brasil
    Impichemany

  • Marcos
    20 maio 2019 at 0:28
    Comente

    Bolsonaro desgraçado

  • Marcos
    20 maio 2019 at 0:31
    Comente

    O que esperar de um cara que defende bandido igual o edir macedo

  • Francisco Erinaldo de sousa
    20 maio 2019 at 0:39
    Comente

    o mal nunca vencerá! e esse pessoalzinho sem capacidade pode até tentar, mas não vai conseguir nos vencer!LULA LIVRE.

  • Valdir
    20 maio 2019 at 2:24
    Comente

    Parabéns
    Estes jovens têm personalidade.

  • Douglas Neto
    20 maio 2019 at 2:56
    Comente

    LULA LIVRE 🔴Nova eleições

  • Josué
    20 maio 2019 at 5:12
    Comente

    Como uma pessoa que dissemina ódio e intolerância e ainda é capaz de usar o nome de Deus em seu slogan (“conhecereis a verdade e a verdade vos libertará… Brasil acima de tudo, Deus acima de todos”)… É muita hipocrisia! Infelizmente, tem muito brasileiro cego, que ainda insiste em defender esse cara, que fala mal da educação do país, e a atitude que ele toma pra melhorar é cortar verba da educação…

  • João Neto
    20 maio 2019 at 7:15
    Comente

    Esse bostonaro é um comediante não sei como é que o povo elege um desequilibrado desse pra presidente

  • João Neto
    20 maio 2019 at 7:16
    Comente

    Lula livre já

  • Lúcia V.
    20 maio 2019 at 8:25
    Comente

    É preciso ser muito mentecapto para apoiar esse desgoverno.

  • Leandro
    20 maio 2019 at 10:40
    Comente

    Sinceramente esse Bolsonaro pra mim não passa de um lixo. Que não entende de nada de política. Muito menos de governar um país. Ele tem é que pedir pra sair. Só quem apoia esse b… são os burgueses. Que nunca precisaram de cotas, universidade federais, entre outros.

  • Danielle Mariano
    20 maio 2019 at 12:29
    Comente

    Fabiana Kelly, fada sensata, ensinar tolerância e respeito é algo raro hoje em dia. Conheço as crianças, e hoje vejo que o Ivan é espelho da Educação e respeito que aprendeu com os pais!

    Independente de ser pró ou contra deve-se respeitar as opiniões e exaltar o amor!

  • Adriana
    20 maio 2019 at 14:05
    Comente

    O Presidente Bolsonaro zomba dos pobres e menos favorecidos, diz que nas escolas do Estado só tem miseráveis burros e ignorantes, e ainda têm gente apoiando essa palhaçada? Sendo de direita ou de esquerda todos somos iguais perante a Deus, e ele que se dizia tão religioso está mostrando seu pior lado, o demoníaco, voltado aos bens materiais! Não se arrependeu de chamar nossos filhos(as) de idiotas úteis, imbecis, não pediu desculpas, pelo contrário continua batendo de frente, dizendo que ele está certo, e pq a pessoa é de outro partido vai prejudicar a todos, isso não é política. General Mourão chegou a hora do senhor parar esse homem, pois ele tem que ser contido! Bolsonaro vai acabar com nosso país, agindo com ameaças, ditador do medo, eu votei nele e hoje ao orar peço perdão a Deus pelo meu erro! Pelo meu pecado, pois não imaginava que ele tinha um coração tão duro, um homem impiedoso!😭😭😭

  • Marcelo Dias Montero
    20 maio 2019 at 17:56
    Comente

    Lindo de ver a consciência e coragem dessa dupla

  • Renata
    20 maio 2019 at 18:39
    Comente

    Foram corajosos, sem dúvida, assim como as estudantes que se recusaram a sair na foto e também os que reclamaram depois de terem se sentido obrigados a dar paisagem para o horroroso presidente. É difícil ir contra a maré num colégio tão caro e espero que estes estudantes sejam respeitados pelos demais, não são obrigados a agir como robôs e se há um resquício de democracia têm direito à liberdade de expressão, ou seja, têm direito ao gesto Lula Livre e a se retirar da foto. Dois alunos do Colégio Bandeirantes se suicidaram no ano passado, o que já deve ter sido trauma suficiente para a comunidade escolar. Que convivam todos democraticamente e sejam capazes de respeito mútuo.

  • Idalia Iezzi
    20 maio 2019 at 21:34
    Comente

    Parabéns pela iniciativa e coragem desdes alunos. Que outros jovens se manifestem com repúdio a esse e muitos atos desse coisa ruim.

  • Amanda Fernandes Teixeira Cordeiro
    21 maio 2019 at 1:37
    Comente

    Posar para foto com quem quer acabar com a universidade brasileira… Isto não tem sentido nenhum. Parabéns aos garotos que protestaram.

  • Deixe uma resposta