Por uma agricultura camponesa livre de transgênicos e sem agrotóxicos

Os Jornalistas Livres acompanharam a 14 ª Jornada de Agroecologia, no Paraná.

Foram quatro dias de intensos debates, plenárias, oficinas, trocas de experiências e a certeza de que o atual modelo de produção agrícola não atende às necessidades de uma alimentação saudável.. O modelo do agronegócio não alimenta, só produz commodities, e para poucos. A 14ª Jornada de Agroecologia, que aconteceu de 22 a 25 de julho em Irati, interior do Paraná, fez, mais uma vez, a provocação e apontou o caminho para uma agricultura saudável, sustentável, livre de transgênicos e sem agrotóxicos. Cerca de 4500 participantes de todas as regiões do Brasil e vários países da América Latina, organizados em mais de 35 movimentos sociais rurais e urbanos participaram do evento.

Confiram nosso mini documentário e o ensaio fotográfico aqui.

COMENTÁRIOS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

POSTS RELACIONADOS

Na frequência do ódio

Na frequência do ódio

O Café com Muriçoca, que passa a ser toda quinta-feira, reflete sobre a perseguição política e o cerceamento ideológico a quem rejeita a riqueza como estilo de vida aceitável.

A cultura miliciana

No mundo em que ninguém confia em nada, corremos o risco de agir como os justiceiros de Copacabana