Sistema de pedágio na Bandeirantes registra apenas 6.661 motos na “motociata” de Bolsonaro

Bolsonaro na "motociata" em São Paulo: pedágio prova que mentira tem pernas curtas
Bolsonaro na "motociata" em São Paulo: pedágio prova que mentira tem pernas curtas

Vários leitores exigiram que buscássemos os registros do pedágio. Aí está: não tinha mesmo 1,3 milhão de motos apoiando Bolsonaro. Era só delírio!

Atendendo a inúmeros pedidos, Jornalistas Livres apresentam o número de motocicletas que passaram pelos pedágio da Rodovia dos Bandeirantes, no dia da “motociata” de Bolsonaro. Foi até chato. Em vez das 1.324.523 motocicletas que a deputada federal Carla Zambelli (PSL-DF) disse que participaram do ato, o sistema de monitoramento da rodovia dos Bandeirantes registrou só 6.661 “passagens” desse tipo de veículo na manhã do sábado (12), no primeiro pedágio dentro do trecho bloqueado para a “motociata” liderada pelo presidente Jair Bolsonaro em São Paulo.

As 6.661 passagens de motos foram registradas entre 11h08 e 12h31 do sábado. Ou seja: inclui também motocicletas que nem estavam participando da “motociata”, mas tiveram o azar de encontrar com ela.

A “estatística” estapafúrdia de Zambelli visou levantar o moral dos Bolsonaristas que estiveram presentes ao ato borocoxô realizado no final da “motociata” e que mal ocupou ¼ da praça onde se localiza o Monumento às Bandeiras, na região do Ibirapuera.

Pedágio destrói fake news bolsonarista

Carla Zambelli, fiel ao método de lançar fake news (mesmo as mais doidas), chegou a dizer que o “Guinness Book Records” havia registrado o desfile de motocicletas com Bolsonaro como o maior de todo os tempos, um recorde. O “Guinness Book” apressou-se em negar que tivesse registrado o recorde e esclareceu que não permitiu a utilização do nome ou de serviços da marca para o evento.

Mas, como a mentira tem pernas curtas, a desinformação de Carla Zambelli caiu por terra tão logo o pedágio da AutoBan, concessionária que administra a rodovia, e a Artesp (Agência de Transporte do Estado de São Paulo) divulgaram os dados reais.

A mentira, cascata ou fake news bolsonarista era tão sem-vergonha, que não se deu nem ao trabalho de notar que a frota de motocicletas em toda a cidade de São Paulo é de “apenas” 1.064.595 veículos, segundo dados do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito).

Se verdadeira fosse a “desinformação” de que 1.324.523 motocicletas participaram do evento, TODAS as motos da cidade teriam de ter participado da “motociata”, mais 259.928 outras motos, quem sabe vindas de Marte ou da imaginação perversa das hostes bolsonaristas.

Acorda, gente!

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS