Exposição na Funarte discute arte, consumo e diversidade

afroplural_ onde começa o mundo? do artista visual Wilton Garcia abre as portas dia 12 para provocar reflexões sobre nossas origens e a noção de sujeito contemporâneo em sintonia com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU

A exposição afroplural_ onde começa o mundo? traz impressões e/ou vestígios do cotidiano (re)configurando-se em trabalhos visuais, expondo efeitos estéticos, pictóricos, plásticos e poéticos de diversidade em sintonia com meio ambiente, sustentabilidade e consumo.

Conforme Garcia, “a ideia de experimentar diferentes suportes e dispositivos ajuda a (re)organizar o pensamento sobre materiais reutilizados. Isso causa determinado efeito provocando uma produção de subjetividade”.

Com 20 anos de carreira como artista visual, Garcia fez doutorado na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo e, atualmente, é professor na Fatec Itaquaquecetuba. Desde 2000, participa de exposições coletivas e individuais, em São Paulo, Rio de Janeiro e Nova York.

Em 2020, foi um dos contemplados com o Prêmio Funarte Respirarte na categoria Artes Visuais. Como artista e pesquisador, trabalha com imagem, fotografia e objeto que compreendem estudos contemporâneos. Outras informações sobre o artista podem ser acessadas em www.wiltongarcia.com.br

De acordo com o curador da exposição, Luciano Maluly, professor da ECA/USP, a mostra é “um convite à experiência transversal. O silêncio da senzala é re(visto) por meio de Obés e Orixás. O (re)início oferece faces e objetos – um portal de liberdade em que a natureza nunca é morta”.

Para os interessados em conhecer uma noção de arte contemporânea alinhada ao meio ambiente e ao consumo, o artista e o curador oferecerão uma visita guiada na abertura da Exposição, no dia 12 de março, e um workshop criativo online, no encerramento 10 de abril. Nessa produção de efeitos, alternativas de expressões singulares do afroplural_ convidam à observação das coisas peculiares no mundo. Onde começa o mundo?

afroplural_ onde começa o mundo? começa no próximo dia 12 março, na Galeria Flávio de Carvalho, Alameda Nothmann, 1058, da Funarte São Paulo, próxima às estações de Metrô Santa Cecília e Marechal Deodoro, e fica aberta até o dia 10 de abril de terça a domingo. A entrada é gratuita e a não há restrição de idade aos visitantes.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>