Elza Soares foi um caminho chamado LIBERDADE

O cabelo de Elza alçava-se do caixão; aos pés dela, a bandeira da Mocidade
O cabelo de Elza alçava-se do caixão; aos pés dela, a bandeira da Mocidade

Diferente das filas tradicionais de velório, não vi ninguém derrubando lágrimas por Elza Soares. Ouvi muitas contações sobre o orgulho de assistir a um show dela. Havia jovens e idosos disputando quem esteve em mais shows de Elza. Falava-se em nomes de palcos famosos do RJ. Falava-se de sentimento, de liberdade e resistência.

Por Katia Passos, do Rio de Janeiro

A fila dos populares que aguardavam para se despedir de Elza, no Theatro Municipal do Rio de Janeiro, dobrava o quarteirão da Avenida Rio Branco com a Almirante da Veiga, em frente à Praça Floriano.

Um repórter da Reuters pediu que uma senhora negra, chamada Angela Magalhães, 70 anos, cantasse algo; e logo ela entoou “Lata d’água na cabeça.” Angela me contou que era vizinha de Elza, pois mora em Jacarepaguá.

Quero falar da continuidade de Elza

O caminho que Elza abriu também se chama LIBERDADE. Quem acompanhou sua carreira sabe bem que dizer que ela era só uma cantora é pouco. A potência corporal e espiritual dessa mulher ultrapassou todos os limites. Por isso também que muitas mulheres negras e pessoas trans se vêem na figura da artista, sem estereótipos, com todas as realidades da história de Elza Soares.

Ronalda Santos Araujo, travesti não-binária, 20 anos, me contou lá fora do Theatro Municipal, que Elza ressignificou sua vida e que enxerga na artista a maior quebra de paradigmas que já viu. Ronalda veio do Espírito Santos para o velório.

Quando a escola de samba Mocidade Independente de Padre Miguel chegou foi um alvoroço de colegas de veículos tradicionais registrando. Após a entrada do grupo, uma salva de palmas ecoou do salão onde o corpo da rainha estava, para as escadarias do teatro imponente. Eu, do lado de fora ainda, aguardando a abertura para o público geral, me arrepiei, mas contive as lágrimas. Foi uma cena realmente afetuosa.

Enxergar Elza deitada naquele leito fúnebre foi difícil, mas ao mesmo tempo, muito bonito. A bandeira da Mocidade a cobria. Um momento carregado de forte emoção. Seus lábios e cabelos estavam mais imponentes e brilhantes do que nunca. Era como se eu ouvisse sua voz vibrar num ritmo mais potente dentro do meu coração.

Leia mais sobre a morte de Elza Soares AQUI

E aqui leia sobre sua vida

COMENTÁRIOS

  • Elza soares foi uma das maiores cantoras brasileiras conheço ela desde quando eu era criança já ouvia as músicas dela

  • Mulher guerreira, corajosa, autêntica, cantava muito.
    VALEU! OBRIGADA!

  • Elza vai fazer muita falta no universo negro da musica popular brasileira, da qual ela foi legitima representante.

  • Ela era uma guerreira mesmo ,e qe Deus a tenha num bom lugar, e descansa em paz irmá,

  • Aprendi a gostar da Elza soares por causa dos meus pais, eram fans … Sdde deixou grande legado . Ela esteve várias vezes em volta redonda/RJ aplausos .

  • Boa tarde Elza Soares deixou um legado , mulher guerreira , mãe de 8 filhos nascida e criada na vila vintém , com muito orgulho , negra , pobre eu moro em padre Miguel eu tenho muito orgulho de falar que eu não sou raíz mais eu cria de padre Miguel ” V.V.” , descanse em paz nossa guerreira que sempre representará a nossa comunidade.

  • Sensacional texto de reportagem!
    Emocionante e enaltecendo uma pessoa sem média. Assim era ela forte e vibrante inspirando até a reportagem de si mesma. Parabéns fez jus a vida e a obra dessa mulher ícone da cultura,arte e sensibilidade aos fatos humanos.

  • Saudade é um sentimento que, quando não cabe no coração, escorre pelos olhos Elza Soares e a única vai deixar saudade.

  • Ela foi magnífica como pessoa, artista e mulher, não tinha papas na língua e não levantava falso a ninguém, viveu a vida como poucas. Na dela. Sempre humilde e prestativa. Vá com Deus Elza. A eterna.

  • Elza Soares fói ótima intérprete da música brasileira, quanto aos seus atos ela deixou mt a desejar, ñ vou criticá_la, pois todos nós temos defeito. Mas tambêm querer endeusar, é mt hipocrisia!😰😰

  • Katia Passos, achei a sua reportagem linda e muito sensível. Como Elza merece. Continue assim!

  • Eu sou muito orgulhosa de ser brasileira onde a voz de uma mulher ecoa com bravura de libertação e poder apesar que o nosso país ainda restringe muito seus direitos e não adotou uma punição de maneira severa a não violência doméstica e o feminicídeo. Essa era a causa nobre de ELZA SOARES a epoderada.👏👏👏

  • Vai com Deus Elza. A sua força e seus ensinamentos serão exemplos de vida para nós . Seu brilho será para sempre aqui e no infinito.

  • Estudei e namorei com sua neta Vanessa. Nós éramos muito jovens no Colégio albor em Cascadura. Falei uma vez com sua vó na festa que teve no Colégio.. pessoas tão humildes

  • Foi uma morte natural, esperada de uma vida que deixou saudades mas que aproveitou cada segundo, ao contrário das mortes trágicas ou inesperadas que despertam um sentimento de que havia muito a ser vivido ainda. Elza, estará eternizada em todos os seus feitos e viveu sua vida intensamente

  • Quando participou de um programas de caloroso, Ary Barroso tentou humilhá-la com a pergunta “de que planeta você veio?”, ele foi humilhado com a resposta de Elza Soares “eu vim do planeta fome,”. Elza é um espírito iluminadíssimo.

  • Sou pianista, tive a oportunidade certa ocasião de acompanha-la num show em uma casa noturna “som de cristal” e realmente a cantora Elza Soares pertencia ao top do top mesmo

  • Elza foi e é Imortal!!!
    Destas pessoas que são maiores do que seu tempo por aqui👏🏻👏🏻👏🏻👏🏻

  • Guando criança gostava de imitar Elza soares ,me achava o máximo.

  • ELZA SOARES FOI MUITO GRANDE !!!
    POR MAIS QUE EU ESCREVA NESTE COMENTÁRIO SEMPRE VAI FALTAR ATRIBUIÇÕES A ESSA RAINHA!!!
    DESCANSA EM PAZ QUERIDA!!!

  • Garrincha deve muito a Elza, foi ótima esposa dizia a velha guarda,

  • Guerreira, não tinha medo,sua voz ficará para sempre ecoando nessa imensidão e no coração dos brasileiros!

  • Elza Soares foi uma artista completa, voz e repertório marcantes, presença de palco excepcional e muita atitude. Grande perda para a música brasileira.

  • Viva Elza! Eu arrepiei, diferente de ti, não contive lágrimas ao ler a tua descrição de cenas com requinte e afetuosidade.

  • Lindíssima matéria.
    Viva Elza Soares em toda sua música esplêndida,seus traços pungentes e cheios de liberdade.Viva nossa Elza em busca da aceitação da mulher negra,mãe,solteira ou não…Mas,da mulher.Que ela permaneça em nossos corações para sempre.Por tudo que significou para o nosso país e nossa cultura…Vá em paz!!!

  • Elza Soares sinónimo de liberdade resistência coragem luta talento e muito mas muito AMOR

  • Só tenho a dizer que Elza foi uma cantora Maravilhosa! Que Deus a tenha em um bom lugar!

  • Elza mulher forte ,enfrentou muitas batalhas,e sempre se mostrou muito controlada.Elza é inesquecível, imortal!

  • Algumas pessoas, pelo que são e praticam, merecem lugar de honra e serem por muito lembrados.
    Elza é um caso único: merece ser eternamente lembrada! Guerreira de nascimento!

  • Para mim Elza não representa a liberdade, representa a triste vida ao passado, passado de amor e tristeza, ela não se libertou.

  • Meus amigos sinceramente Elza Soares sra da resistência negra sujiro ao nosso Prefeito um nome de rua com o nome dessa guerreira nascida no planeta FOME

  • Pela primeira vez eu procurei o nome da jornalista ,de tanto que me comoveu a matéria!!
    Elza Rainha das mulheres negras!!!?

  • Chorei como se fosse minha mãe que lutou com suas várias comorbidades ao longo da vida e que morreu aos 93 anos em julho de 2021.
    Guerreiras, cada qual com a sua vida!
    Elza, é um ícone de resistência e sua voz não deve ser calada!
    O Brasil é majoritariamente negro e as massas precisam se conscientizar das suas origens e de seus direitos como cidadão!

  • Lacrar na morte de alguém é algo bem triste. Mais triste que a morte em si. Pois Elza, descansa de pessoas como você.

  • todos queremos liberdade, mais nunca incitar em um show uma multidão principalmente de jovens, a mandar o presidente do Brasil tomar naquele lugar

  • “Perdi um filho para a Fome”.

    Se esta frase não muda a cabeça de uma pessoa que se diz “família tradicional”, não sei o que mudaria.

    Viva Elza!

  • POSTS RELACIONADOS

    A hora do voto útil

    Não se trata mais de Lula ou PT. Se trata de dar um basta nesta loucura que o país se meteu

    Crônica do Arrombado

    Uma da madrugada esquina da São João na Nova Cracolândia… crônica de Valéria Jurado com fotos Ale Ruaro relata a imersão no território de absoluto abandono do estado

    >