Vereadora trans denuncia ameaças de neonazista

Duda Salabert sofre perseguição após ser eleita como a mais votada em Belo Horizonte para o seu primeiro mandato
Duda Salabert - Foto Reprodução do Facebook

A vereadora de Belo Horizonte, Duda Salabert, do PDT, denunciou hoje nova ameaça de morte contra ela e a sua família. O caso aconteceu via e-mail na quinta-feira, 28, em mensagem assinada com a saudação nazista “14/88”. Duda vai concorrer a uma vaga na Câmara dos Deputados. Hoje pretendia formalizar a denúncia sobre a ameaça na Delegacia de Plantão de Atendimento à Mulher.

Eleita como vereadora mais votada na capital mineira na eleição de 2020, com 37.613 votos, para cumprir seu primeiro mandato, Duda foi demitida do Colégio Bernoulli, onde era professora, em fevereiro de 2021. Sobre o episódio, o autor da mensagem afirma que perder o emprego foi apenas o começo de suas ações contra a parlamentar. “Na próxima vez você vai perder a sua vida. De São Paulo para Minas Gerais é só um passo”, afirmou o homem que se identifica como William Maza dos Santos.

Ele alertou que “a fúria de Deus” vai cair sobre Duda. “Quer ser mártir dos travecos, então beleza, aberração. Posso deixar você mais feio do que já é hoje, apenas preciso de um bastão de aço e um maçarico. A fúria de Deus vai cair sobre você”, ameaçou o neonazista.

Conforme a vereadora, o autor é de uma célula neonazista que frequenta fóruns “onde surgiram os terroristas que cometerem o massacre na escola de Suzano”, em março de 2019. “Por causa desses nazistas, perdi meu emprego ano passado, pois eles enviaram na época e-mails para a escola onde eu trabalhava dizendo que transformariam a escola em um mar de sangue caso eu continuasse dando aula lá”, informou Duda.

Em suas redes sociais Duda postou hoje a seguinte mensagem:

Recebi outra ameaça de morte do grupo neonazista que frequenta fóruns e ambientes virtuais d e onde surgiram os terroristas que cometeram o Massacre na escola de Suzano. Por causa desses nazistas perdi meu emprego ano passado, pois eles enviaram na época e-mails para a escola onde eu trabalhava dizendo que transformariam a escola em um mar de sangue caso eu continuasse dando aula lá.

Agora esse grupo nazista me envia este e-mail me ameaçando e ameaçando minha família.

A assinatura “14/88” é alusão a elementos nazistas. E o “William Maza dos Santos” é frequentador desses grupos e já ameaçou estuprar uma jornalista com quem estou em contato. Estou indo agora à delegacia fazer a denúncia formal.”

Leia também: https://jornalistaslivres.org/duda-a-travesti-campea-de-votos/

COMENTÁRIOS

  • Fatos de um Brasil Bozonarento , inculto , fake , torturador , ñ ecológico, corrupto , financeirizado e lastimável.
    Mas hei de vê-lo preso em homenagem aos 700 mil mortos por Covid e pela honra de Bruno, Dom e Genivaldo .

  • POSTS RELACIONADOS

    >