Projeto Futuro do Presente, Presente do Futuro #17 – Carol Caffé: Decolonizando

Carol Caffé
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Carol Caffé

Decolonizando

Neste longo retiro chamado quarentena não pude ir às ruas. Na solitude e no silêncio, escutei o carrasco que mora em mim. Peguei no flagra, na pinça! Eu que era. Eram várias vozes, disputavam a minha atenção. Me cobravam padrões, resultados, disciplina, filhos, carros. Mandavam eu não olhar para os lados, fingir que não vi. Chicoteavam. Davam sumiço. Reprisavam falas de ordem que eu só ouvia através dos meus próprios lábios. O resto, calavam. Tudo com firmeza, fingindo ser apoio. Segurança. Manipulavam meus pensamentos com suas cordas vocais. Me prendiam em seus murmúrios surdos, e me faziam crer que eu era livre! Escondiam, esqueciam, negavam. Sufocavam. Numa esquina desse emaranhado, eu ouvi. Peguei no flagra, na pinça! Eu que era. Fui puxando o fio. Primeiro o pai, depois a mãe, o avô, a avó, os bisavós. Foi desenrolando. Chegou em vozes que eu não reconhecia mais. Até que ouvi a voz da cabocla. Logo em seguida a voz do campo, dos animais, da semente e a voz da terra. Não entendi a sua língua. Estavam há muito querendo falar comigo. Me pediam ar. Dei a mão! Deixei sair. Deixei entrar. Ecoei um ícaro. Me revesti. Estão vivas! Seguem guerreando.

Me contaram que a luta das mulheres é a mesma da semente e da terra. Querem liberdade.

Carol Caffé

Carol Caffé

Carol Caffé

Carol Caffé

Carol Caffé

Carol Caffé

Carol Caffé

Carol Caffé

Carol Caffé

Carol Caffé

Carol Caffé

https://www.instagram.com/carolcaffe/

https://www.instagram.com/brealchange/

_

O projeto Futuro do Presente, Presente do Futuro é um projeto dos Jornalistas Livres, a partir de uma ideia do artista e jornalista livre Sato do Brasil. Um espaço de ensaios fotográficos e imagéticos sobre esses tempos de pandemia, vividos sob o signo abissal de um governo inumanista onde começamos a vislumbrar um porvir desconhecido, isolado, estranho mas também louco e visionário. Nessa fresta de tempo, convidamos os criadores das imagens de nosso tempo, trazer seus ensaios, seus pensamentos de mundo, suas críticas, seus sonhos, sua visão da vida. Quem quiser participar, conversamos. Vamos nessa! Trazer um respiro nesse isolamento precário de abraços e encontros. Podem ser imagens revistas de um tempo de memória, documentação desses dias de novas relações, uma ideia do que teremos daqui pra frente. Uma fresta entre passado, futuro e presente.

Outros ensaios deste projeto: https://jornalistaslivres.org/?s=futuro+do+presente

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>