Morreu Piauí, Antônio José da Silva

Cidade de Picos (PI), 1957

A notícia da morte de Piauí comove as gerações que protestam na avenida.

por Helio Carlos Mello

Eu não sabia que seu nome era Antônio, dizem que era um mago. Conheci o cabra de tanto vê-lo ali, sempre ali. Em dias de paz vendia sua arte, em dias de luta expunha seus conceitos do mundo, se misturava entre os indígenas, mulheres, negros ou em qualquer marcha em protestos pela vida, se opunha à tropa de choque quando necessário.

por Maria Eugênia Sá

Todos o chamavam Piauí. Milhares o notavam e ele viu milhões ali passando, tantas pernas, tantos ternos, tantos poderes que desfilam na avenida Paulista, no vão maluco do MASP. 

Soube hoje que Antônio morreu, no Piauí, em Teresina, debilitado estava pela trato que a vida lhe deu, entre a arte e os pensamentos, na defesa marginal do planeta, acima do entendimento comum dos negócios do mundo. Paz, amor, natureza não são moedas. 

por Bacellar

Curioso agora notar, como a morte das pessoas crava vazios na metrópole. Antônio voltou de bicicleta para sua cidade natal, Picos. No Piauí, encontra agora a terra, deixou o asfalto, no planeta pulsa.

LEIA TAMBÉM:

COMENTÁRIOS

  • Esse pela sua luta e coragem disse ao mundo a que veio. Mas como não e capitalista quem se importa.? Eu me importo. Vai com Deus Antônio Piauí. Tenha o descanso eterno.

  • POSTS RELACIONADOS

    >