Panelaços e panelaços de gratidão!

"Mas, o melhor que às vezes se via, o curado recebia alta e, depois, lágrimas de volta, essa alegria de vencer o vírus" (Foto: o poeta e o bisneto)

 

“Mas, o melhor que às vezes se via, o curado recebia alta e, depois, lágrimas de volta, essa alegria de vencer o vírus”

 

O PANELAÇO

 

(Dedicado aos profissionais da Saúde e da comunicação)

Por Álvaro Wandelli Filho*

 

 

Ó ternas e operosas mãos,

ó sensíveis almas em flor,

nestes tempos de virulência e dor

a taça transbordante estendestes:

informação e amor!

 

 

 

Quanto mais evoluía o mal,

multiplicava-se igual

tal ação arriscada

 

Quanto mais o espinho feria,

mais a rosa despertava,

seu perfume recendia

e sua beleza avultava

 

Mas, o melhor que às vezes se via,

o curado recebia alta

e, depois, lágrimas da volta,

essa alegria de vencer o vírus.

 

Como se fora cardíaco sino

o sentimento se exprimia, então,

panelaço e panelaço

de gratidão.

 

*Álvaro Wandelli Filho é poeta e juiz de direito aposentado em Santa Catarina, autor de A casa da solidão e Mistérios Perenes

 

 

 

 

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

3J Fora Bolsonaro: SP registra violência policial

Foram registradas duas detenções durante o ato que, segundo os organizadores, contou com mais de 100 mil manifestantes. O #3JForaBolsonaroSP foi um de centenas de protestos por vacina, comida, auxílio emergencial, mas, sobretudo, pelo impeachment de Jair Bolsonaro, que aconteceram neste sábado (3), em todo o Brasil e no mundo.