Nota de esclarecimento sobre a prisão arbitrária de brigadistas de Alter do Chão

A prisão aconteceu hoje (26), num dos principais destinos turísticos da Amazônia

Nota de esclarecimento: Brigada de Alter do Chão

Desde 2018 a Brigada de Alter tem atuado no apoio ao combate a incêndios florestais. Em agosto de 2019 houve um segundo curso dado pelos Bombeiros Militares, Defesa Civil e Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Turismo de Belterra que culminou com a formação de mais nove brigadistas voluntários. Eles têm, desde então, se empenhado diariamente em proteger a Área de Proteção Ambiental de Alter do Chão, em paralelo às suas atividades profissionais e pessoais – sempre ao lado do Corpo de Bombeiros.

Nessa madrugada (26/11), a Polícia se dirigiu à residência de quatro membros da Brigada com ordem de prisão preventiva. No momento, membros e apoiadores da Brigada estão apurando o que levou a esse fato. Estamos em choque com a prisão de pessoas que não fazem senão dedicar parte de suas vidas à proteção da comunidade, porém certos de que qualquer que seja a denúncia, ela será esclarecida e a inocência da Brigada e seus membros devidamente reconhecida. Estamos sem acesso à nossa conta do Instagram por onde normalmente nos comunicamos com os nossos apoiadores, esperamos que tudo se restabeleça o quanto antes.

Brigada de Alter do Chão

Saiba mais sobre os interesses financeiros existentes em Alter do Chão.

Saiba mais sobre a atuação da ONG Saúde e Alegria

Categorias
Ação HumanitáriaAmazôniaDestaquesDireitos HumanosDireitos SociaisMeio Ambiente
Um comentário
  • Leonardo Rocha
    28 novembro 2019 at 14:43
    Comente

    Tomara que a justiça seja feita o mais rápido possível e libertem os inocentes, prendam os culpados e desmascarem esses governantes hipócritas que não passam de sanguessugas, que absurdo tudo isso.

  • Deixe uma resposta

    AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish

    Relacionado com