Movimento Sem Teto começa ocupação em escolas de SP

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Ao menos duas escolas da capital paulista foram ocupadas no fim dessa tarde pelo movimento sem teto, em um apoio direto a mobilização dos estudantes.

A medida, anunciada já há algumas semanas pelo movimento, tomou corpo em paralelo a explosão de ocupações que ocorreram ao longo da semana por toda cidade.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Em Ribeirão Preto, cidade conhecida como a "Califórnia Brasileira", o casal Tatiane Pereira, 22, com o marido Mateus Cazula, 24, e o filho Henrique, 2, no dia 28 de maio. A prefeitura demoliu a casa que a família construía em terreno público abandonado. "Estamos sem trabalho e já fomos despejados por dever o aluguel. Ocupamos esse pedacinho da Favela das Mangueiras e com o auxílio-emergencial construímos as paredes pra morar. É o que dava. Foi tudo embora, e agora?" (Foto: Filipe Augusto Peres)

Campanha Despejo Zero: “Moradia é questão de vida ou morte na pandemia”

Em plena crise sanitária, aumento das remoções forçadas em todo o país mobiliza campanha nacional e internacional #despejozero. A intenção é pressionar aprovação do projeto de lei que proíbe que brasileiros sejam jogados no olho da rua e expostos ao coronavírus por não ter como pagar aluguel

Para discutirmos a volta às aulas

A artigo de Joana Monteleone, levanta uma série de questões que precisam ser pensados com urgência pelo campo progressista para a volta às aulas

>