MC Gaspar Z’África. Quando o hip-hop encontra seu Brasil profundo

MC Gaspar Z’África lança o álbum inédito “Hip-Hop Caboclo” nas principais plataformas digitais de música
MC Gaspar1

MC Gaspar. Um dos pioneiros da cultura Hip-Hop em São Paulo realizou viagens de pesquisa pelo norte e nordeste em busca das batidas brasileiras e produz disco inédito de rap embebido aos ritmos de matrizes africanas e indígenas do país.

Capa do disco Hip-Hop Caboclo, Gaspar Z'África
Capa do disco Hip-Hop Caboclo, Gaspar Z’África

Dirigido por João Nascimento, o álbum “Hip-Hop Caboclo”, contemplado pelo Rumos Itaú Cultural 2017-2018, apresenta ao público uma viagem musical que atravessa fronteiras territoriais, estéticas e sonoras da cultura popular brasileira em consonância com o universo do Hip-Hop, uma pesquisa fundamentada na pluralidade dos ritmos brasileiros de matrizes africanas e indígenas, nas métricas e poéticas dos cantadores das culturas populares, nas síncopas percussivas dos tambores, nas ladainhas e nas estórias contadas pelos mestres e mestras das regiões norte e nordeste do Brasil.

“Saímos em busca das batidas brasileiras e chegamos em outras periferias, percebemos que alguns elementos da cultura Hip-Hop que conhecemos em São Paulo, também estão presentesde maneira semelhante em outras diversas manifestações populares que encontramos nas regiões norte e nordeste do Brasil”,

conta Gaspar ao percorrer milhares de quilômetros em terras distantes do extremo sul de São Paulo, local onde mora e idealizou o grupo Z’África Brasil no início da década de 90.

MC Gaspar 4

O álbum musical “Hip-Hop Caboclo” conta com participações especiais de importantes personagens da cultura brasileira: Dona Onete de Belém (PA), Mestre Zampa do Quilombo Barro Alto na Ilha de Marajó (PA), Mestre Amaral , Peixinho e Tião Carvalho de São Luís (MA), Mestre Avelino de Muritiba (BA), Tambores do Mundo de Salvador (BA) e Grupo Bongar de Olinda (PE).

O disco “Hip-Hop Caboclo” mistura as ambiências, ruídos e sonoridades inerentes às captações diretas que foram produzidas nos espaços, casas e terreiros dos artistas e personagens entrevistados durante as viagens realizadas entre dezembro de 2019 e janeiro de 2020.

Posteriormente, o material musical foi arranjado e concatenado com outros timbres eletrônicos e sobreposições de instrumentos convencionais que foram produzidos no estúdio Kalakuta em São Paulo, gerando assim, timbres peculiares resultantes das combinações com as sonoridades oriundas da cultura Hip-Hop.

“A transversalidade entre linguagens, culturas, gêneros e abordagens artísticas, são aspectos fundamentais desta obra, diante de uma necessidade de romper padrões, fórmulas e lugares não antes visitados por nós, o álbum busca expandir o olhar e a escuta para novas possibilidades de composição musical, convivências harmônicas e arranjos a partir de um espaço simbólico de construção artística, que valoriza o Hip-Hop em diálogo com as culturas regionais.”

destaca João Nascimento, produtor e co-idealizador do projeto. “Hip-Hop Caboclo” é um álbum composto por 10 faixas inéditas que será lançado no dia 05 de março nas seguintes plataformas digitais: Spotify, Deezer, Apple Music, Youtube e SoundCloud.

MC Gaspar 3

.

SOBRE O ÁLBUM HIP-HOP CABOCLO

Em dezembro de 2019, o Mc Gaspar e o produtor musical João Nascimento iniciam uma viagem de pesquisa sonora e interação cultural em comunidades tradicionais dos estados da Bahia, Pernambuco, Maranhão, Pará e Acre. Portando na bagagem um estúdio móvel, o projeto registrou em áudio e vídeo depoimentos de mais de 30 personagens oriundos de comunidades quilombolas, indígenas, ribeirinhas e lideranças de diversas manifestações culturais brasileiras, importante material que inspirou a composição de 10 letras inéditas criadas por Gaspar Z’África em parceria com João Nascimento, que integram o álbum musical Hip-Hop-Caboclo. O material audiovisual gravado nas viagens será produzido um filme documentário que aguarda recursos financeiros para a montagem e finalização de um longa-metragem.

.

SOBRE O ARTISTA

Gaspar, Mc, Letrista e co-fundador do Z’África Brasil, um dos pioneiros grupos de RAP no Brasil criado na década de 90. Há mais de 26 anos vem desenvolvendo atividades na zona sul de São Paulo, tornando-se referência entre os mc’s da cena hip-hop. Em 2013/14 Gaspar produz seu primeiro disco solo denominado Rapsicordélico, reunindo importantes artistas da atual cena de música de São Paulo contando com a produção musical de João Nascimento e as participações especiais de Zeca Baleiro, Emicida, Dexter, Marcelo Pretto, Dinho Nascimento, KL Jay, entre outros.

SOBRE A PRODUTORA KALAKUTA

Kalakuta é uma produtora cultural especializada em projetos de produção fonográfica e cinematográfica que fica sediada no Ponto de Cultura Afrobase em São Paulo. Kalakuta possui um estúdio de gravação e mixagem e vem realizando importantes trabalhos de valorização da cultura negra, destacando-se a produção fonográfica do segundo álbum musical da Cia Treme Terra intitulado “Terreiro Urbano”, “Hip-Hop Caboclo” de Gaspar Z’África e “Ifé Bogbo Aiye” de Mestre Lumumba. Na área cinematográfica, produziu o filme longa-metragem “Danças Negras” e atualmente vem produzindo o documentário longa-metragem intitulado “Tambores da
Diáspora”.

.

LINKS PARA ESCUTAR O ÁLBUM

Spotify: encurtador.com.br/hkwx0
Deezer: https://deezer.page.link/5Ebb46t965dJbdMG7
Apple Music: https://music.apple.com/br/album/hip-hop-caboclo/1551730526?at=1001lwQy&ct=FFM_0bedaaa2161c11fba44e8a9cfa4c1e8d&uo=4&app=music
Tidal: https://tidal.com/browse/album/171994681
Soundcloud: encurtador.com.br/fCN26
Youtube Music: encurtador.com.br/aeiZ1

.

MC Gaspar5

.

Outras matéria dos Jornalistas Livres sobre o universo do hip-hop

https://jornalistaslivres.org/djonga-e-o-primeiro-rap-brasileiro-indicado-a-disputar-o-bet-hip-hop/

https://jornalistaslivres.org/jovem-beatboxer-vence-transtorno-e-agradece-inspiracao-a-idolos-do-hip-hop/

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>