Dilma cobra testes para detecção do vírus e o fim da PEC do teto de gastos durante pandemia

Dilma Rousseff, ainda presidenta, no Palácio do Planalto (Foto: Roberto Stuckert)
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Em live realizada hoje de manhã (9/4), quando participou de reunião do Diretório Nacional do Partido dos Trabalhadores (PT), a ex-presidenta Dilma Rousseff disse que o PT não está denunciando como deveria a falta de testes para coronavírus. Segundo ela, não há como planejar ações de enfrentamento da epidemia, sem que se conheça a realidade do contágio. Para Dilma, o governo está escondendo da população o tamanho do problema. “Tem uma certa deliberação de não fazer testes”, cogitou.

Dilma apresentou também propostas econômicas para o partido. O fim da PEC do Teto de Gastos é uma delas, seguindo o que estão fazendo os países europeus, que deixaram de lado os rigores do superávit fiscal, santo graal do neoliberalismo, como forma de gerar recursos para atender a população mais pobre durante a crise sanitária.

A ex-presidenta quer que o PT defenda a idéia de reconversão de fábricas, de modo a produzir insumos necessários para o trabalho dos médicos. Dilma, com a experiência de gestão acumulada em seus anos na Presidência e como chefe da Casa Civil do governo Lula, conhece como poucos a estrutura produtiva do País.

Estudiosa e meticulosa em suas análises, nesta live, Dilma Rousseff mostra como faz falta ao País uma abordagem ao mesmo tempo técnica, científica e competente em uma situação dramática como a que vive hoje o mundo.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Sem ressentimento, sem esquecimento

Reabilitar os direitos políticos e a reputação de Lula seria a única forma possível de confrontar, ao mesmo tempo, o lava-jatismo e o bolsonarismo

>