Bolsonaro exige que cobaias provem sanduíches antes de morder

No debate presidencial, equipe de Bolsonaro informou que o presidente apenas comeria sanduíches que fossem provados antes
Bolsonaro comendo sanduíche - Foto: Dida Sampaio / Estadão Conteúdo
Bolsonaro comendo sanduíche - Foto: Dida Sampaio / Estadão Conteúdo

“Antes eles do que eu”. No debate presidencial deste domingo (29), Bolsonaro e sua segurança exigiram que pesoas da organização do evento experimentassem os sanduíches que seriam servidos antes do presidente entrar no estúdio. O motivo? Medo de envenenamento.

Por Emanuela Godoy

Eram pães com seis diferentes tipos de recheios, e os que receberam a missão de provar tiveram que morder uma amostra de cada um dos lanches servidos no camarim. Segunda a coluna da Mônica Bergamo, o pedido da segurança surpreendeu até mesmo pessoas ligadas à assessoria do presidente. A medida pode ser comum quando se trata de mandatários de países vizinhos, mas no Brasil esse tipo de cuidado é atípico.

Além disso, a segurança do presidente também exigiu que a orgnização do programa mudasse o posicionamento dos candidatos no palco, que foi escolhido por sorteio. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e Jair Bolsonaro ficariam lado a lado no debate de domingo (29), entranto a disposição dos políticos foi alterada para que o programa pudesse ocorrer.

Em junho, havia sido anunciado que a campanha do presidente Jair Bolsonaro passaria por alterações com foco na segurança do presidente. A CNN anunciu que essa mudança tem a ver com a polarização que estamos vivendo hoje. De fato, todas as campanhas reforçaram a segurança, inclusive a de Lula (PT). Entretanto, não deixam de ser inusitadas algumas das medidas tomadas pela equipe de Bolsonaro, que beiram à paranóia.

Acompanhe mais sobre o debate AQUI.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS