• A REVOLTA DAS ÁRVORES

    A submissão da pasta do meio ambiente à agricultura tem colocado as árvores em alvoroço. É um zum zum só o que se ouve na floresta. Ventos rebulem folhas e galhos. Insetos, pássaros e macacos espalham a notícia, a fofoca corre solta na mata, dizem que aproxima-se o movimento...
  • INSENSATEZ

    As mudanças vão tomando seus lugares. Em Belfast, Reino Unido, vejam só, Bono Vox e U2 citam Belzebu, pensando em bossa nova. Belzebu Bossa Nova, Capitão Bossa Nova. Interessantíssimo o nome cunhado por Bono ao Bozo. Oráculo breve e leve na wikpédia dá nisso, desperto esperto e consulto a...
  • Mensagem ao Presidente

    O futuro trará as armas, cantou curiango no chão, agora mesmo. Nem sei de armas e seus benefícios ou sua displasia no metal, sei apenas que arma fere até a mais leve pluma e, em terra sem lei, que são muitas, impõem mazelas e torturas. A arma não protege...
  • BICHO MALUCO BELEZA

    Teremos que revolucionar nossa percepção, outras ervas crescem em nossas utopias. No horizonte tantas lavouras novas se instalam. Seres inusitados surgem dos buracos, rápidos pássaros fazem seu voo, alimentam-se, sobrevivem. Estamos chorando pra cachorro, coisas da vida. Um dia do peixe, outro do pescador.  Cantaria Caetano Veloso que enquanto...
  • HEMERA, A INSANA

    Seria grandioso se de fato pudéssemos ver o que se passa entre tanta gente, que nos mitos, fazem de si sua cultura. Lutamos por quem? Noite dessas, recente, deitava eu na rede em busca do sono, na grande aldeia Kalapalo, em grande e sábio comando do cacique Tafukumã, líder...
  • DA CEGUEIRA

    O olhar. Ah, ver, atitude do desvelar, de mito, do entender pelas imagens. Nem tão lógica, óbvia ou clarividente. Ver não é coisa tão mecânica na mente de gente, as interfaces, neurônios, sinapses, recompensas, … A peste. Ver?  Onde se quer, destinos, preferências, verbos. Cego me labirinto, me anoiteço....
  • PLUMAS NAS URNAS

    Nunca na história desse país o voto talvez tenha sido arma tão valiosa. É doce escolher, mas como beber dessa bebida amarga, tragar a dor… tanta mentira, tanta força bruta. Não cale-se agora, não percas o juízo. Não é direito ninguém recusar. *imagem de capa Jean Manzon© entre os...
  • A PIRÂMIDE SOCIAL E A INVERSÃO DO SONHO

    É voto. Nasci na geração onde optar carecia, os de 64. Tão boa a adolescência nos anos 80, fora juventude nos 90. Tantas novidades e conquistas, mal conhecia conceitos assim. Tão amplo se anunciavam os vazios de cidadania e seus preenchimentos. Árdua abertura e reluzente democracia descobri já com...
  • COM QUE ROUPA EU VOU

    Andei muitos dias pelas serras, do mar às montanhas frias da Mantiqueira, em isolamento voluntário tal índio fugidio, sem rede, sem fake, tudo tão visual e tátil. Cantos lindos, diversos, tão real a tolerância entre as mentes que habitam antigos sertões. Tantos se ajudam, crescem em suas limitações e...