A tragédia do Reitor Cancellier na fachada do Cic em Florianópolis

Parte dos eventos do Setembro Amarelo, para a prevenção do suicídio, a cineasta intervencionista Clélia Mello vai projetar imagens de manifestações, protestos e manchetes sobre a violência policial que levou o reitor a tirar a própria vida há um ano

Em 14 de setembro de 2017, a Universidade Federal de Santa Catarina foi surpreendida com a invasão da polícia federal para prisão de um funcionário e seis professores, entre eles o reitor Luiz Carlos Cancellier de Olivo, acusado de chefiar uma quadrilha que roubou R$ 80 milhões. Duas semanas depois, Luiz Cancellier não suportou o linchamento moral e a humilhação pública produzida pela imensa calúnia oficial que sofreu. No dia 2 de outubro, lançou-se do sétimo andar do Beira-mar Shopping de Florianópolis, oferecendo seu cadáver para denunciar um crime de abuso de poder e um espetáculo midiático sem precedentes que violou os direitos jurídicos e a dignidade de um cidadão inocente.

Uma composição artística das imagens desse massacre contra os direitos humanos praticado no governo do golpe será projetada nas paredes externas do Cic – Centro Integrado de Cultura, em Florianópolis, onde ocorre a Mostra Strangloscope, com apoio da Secretaria de Cultura e Arte da UFSC – Sécarte. Desde o momento da operação policial que prendeu o reitor, a cineasta intervencionista Clélia Mello capturou um grande volume de imagens de manchetes, jornais, vídeos, sites e páginas da internet que compõem a ópera do suicídio político do jornalista, professor e jurista.

Editadas vertiginosamente, sem repetição, as imagens e letreiros colocam o leitor diante dos acontecimentos midiáticos que denunciam o crime da própria espetacularização jurídica sem impor um posicionamento a priori. A ideia desse cinema expandido é que cada um faça, na intersecção entre o racional e o sensível, sua própria síntese dos elementos que se interligam nessa tragédia resultante do que podemos chamar de Fake News oficial.

Projeção hoje na fachada do Centro Integrado de Cultura, em Florianópolis
Quinta (20/09) às 20 horas
Mostra Strangloscope/ Secarte /UFSC
Mostra temática ‘da natureza política’
Artista intervencionista Clélia Mello

Raquel Wandelli / Jornalistas Livres

Categorias
ArteCidadesComportamentoComunicaçãoDestaquesEstado de ExceçãofascismoFlorianópolisInjustiçaSaúdeSaúde MentalSuicídio do ReitorUniversidades públicasviolênciaViolência Policial
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish