Brasil, Haiti, Cuba e as garras dos EUA na América Latina

A influência crescente da China na América Latina em vários âmbitos – comercial, financeiro, político, econômico, tecnológico e de investimentos – desatou reações vigorosas do establishment estadunidense com o objetivo de recompor sua debilitada hegemonia hemisférica. Trata-se da conhecida Doutrina Monroe, do ano 1823 do século 19: “A América para os Americanos”.

O duplo ataque recebido pela Venezuela nesta sexta-feira

O Itamaraty acaba de publicar, na noite desta sexta-feira (4), um comunicado que declara todo o corpo diplomático venezuelano no Brasil como “personae non gratae”. Esta declaração é um instrumento jurídico extremo das relações internacionais para indicar que um representante oficial estrangeiro não é mais bem-vindo como tal em seu território. Este tipo de ação, […]

Brian Willson, um norte-americano herói nacional da Nicarágua

Há 33 anos o dia primeiro de setembro marca um acontecimento trágico que fez de um norte-americano, veterano do Vietnã, um verdadeiro herói nacional para o povo da Nicarágua. Por Juliana Medeiros Durante protestos que ocorriam em 1987 nos EUA pelo fim da ingerência na região centro-americana, o pacifista Brian Willson teve as pernas amputadas […]

A Lava Jato e os objetivos dos EUA para a América Latina e o Brasil

Embaixador Samuel Pinheiro Guimarães, secretário-geral do Itamaraty (2003-2009), ministro de Assuntos Estratégicos (2009-2010) 1. Os objetivos estratégicos dos Estados Unidos para a América Latina e, em especial para o Brasil, são importantes para compreender a política externa e interna brasileira, inclusive a Operação Lava Jato. 2. A América Latina foi declarada zona de influência exclusiva […]