Reforma da Previdência e a farsa do Governo

Por Franci Brito, para os Jornalistas Livres

Você provavelmente já ouviu falar se nada for feito a previdência irá quebrar e não terá como pagar aposentadorias daqui a algum tempo. Porém, distintos especialistas afirmam que o déficit da Previdência é uma farsa e que o Governo mente quando diz que a Previdência está quebrada.

Maria Cecília Trópia, advogada e pós-graduada em Direito Previdenciário, explica que todos trabalhadores contribuem por meio de folhas de pagamento ou individuais, mas, desse montante, o Governo retira 30 por cento para outros fins e não repassa para a Previdência. Por isso, diz a especialista, “a Reforma necessária é que os governantes parem de desviar o dinheiro do INSS para outros gastos, cobrem aos devedores e também suspendam a isenção de taxas previdenciárias às Igrejas, aos times de futebol e as grandes empresas”. Assim, diz ela, “O Brasil teria dinheiro para pagar aposentadorias atuais e futuras”.

A advogada e ativista Maria Cecília faz parte da Frente Mineira Popular em Defesa da Previdência que agrega 85 entidades como a OAB-MG e a Associação Nacional dos Auditores Fiscais da Receita Federal (Anfip), entre outras. Ela diz que a ofensiva do novo Governo para aprovar a Reforma da Previdência fez com que todos os órgãos de defesa se reorganizassem para por em pauta maneiras de pressionar o Congresso Nacional, pois “a luta contra essa ofensiva contra a população está só começando”.

Mídia democrática, plural, em rede, pela diversidade e defesa implacável dos direitos humanos.

Categorias
ArtigoDestaquesGeralPolítica
2 comentários:
  • Sandro Pavezzi
    16 novembro 2018 at 15:22
    Comente

    É necessario que confeccionem em formato digital material com dados oficiais que corroborem estas afirmações e demais duvidas da população.

  • Franci Brito
    16 novembro 2018 at 16:05
    Comente

    Já ouvi várias pessoas dizerem “a Reforma da Previdência é necessária” e uma informação dessa precisa chegar a todos os cidadãos…

  • Deixe uma resposta

    AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish