Família de um dos jovens mortos em Paraisópolis refuta versão de pisoteamento no massacre

Katia Passos e Lucas Martins, Jornalistas Livres Fotos: Lucas Martins Estivemos no Instituto Médico Legal, mais próximo ao massacre de Paraisópolis e lá encontramos os familiares de Denys Henrique Quirino da Silva, de 16 anos, uma das vítimas da violência da polícia de São Paulo, na madrugada de sábado para domingo (1) no baile. Após reconhecerem o corpo de Denys, os irmãos do jovem nos mostraram suas roupas: uma calça jeans suja de barro nos joelhos e de sangue próximo do cós; além de uma meia com vestígios de um material que parecia sangue. Não há marcas de pisadas de calçados nas peças. Por isso, a família refuta a versão de morte por pisoteamento. Eles acreditam realmente que Denys, assim … Continue lendo Família de um dos jovens mortos em Paraisópolis refuta versão de pisoteamento no massacre