Em Salvador, o povo tomou o Farol da Barra

Por Julio Fisherman, especial para os Jornalistas Livres

Música, Cultura e homenagem aos mortos de Eldorado dos Carajás marcam ato contra o golpe em Salvador

Mais de 20 mil pessoas já estão concentradas na área do Farol da Barra em Salvador. O local, que usualmente vinha sendo utilizado para os protestos dos grupos pró-golpe, foi solicitado antes pelos movimentos em defesa da democracia.

Os trabalhadores sem terra baianos estão acampados no Farol da Barra desde a tarde de sábado (16) para protestar contra o golpe no país. Segundo Evanildo Costa, coordenador estadual do MST, os sem terra vieram de diversas cidades do estado desde a região oeste, Chapada Diamantina, nordeste e extremo sul, entre outras.

Das 14h às 15h haverá um ato ecumênico em memória das vítimas do massacre do Eldorado dos Carajás que vitimou 21 trabalhadores sem terra e que hoje completa 20 anos.

Um telão para acompanhar a votação está sendo montado e diversas atividades culturais com apresentação de mais de 50 artistas. Um trio elétrico está a postos para apresentação de músicos como Magary Lord, Lazzo Matumbi, Wilson Aragão,  Vovó do Ilê, Sandra Simões, Banda Levante, entre outros.

Magno Lavigne, presidente da União Geral dos Trabalhadores, brinca: “Os coxinhas podem ficar tranquilos eu tenho três sugestões de lugares para reunião deles. Eles podem ir ao Plano Inclinado na Liberdade, a praça da Revolução em Periperi ou ao Campo da Pronaica em Cajazeiras. Mas é improvável que eles conheçam estes lugares, porque eles não conhecem o cotidiano do povo , eles não conhecem a realidade do povo que está aqui presente hoje também na Barra, que também é nossa”,  disse.

Evanildo Costa, coordenador estadual do MST,  fala sobre as atividades desde o dia de ontem na Bahia, comenta sobre as perspectivas para o ato de hoje e postura do movimento em caso de golpe.

Categorias
CidadesManifestaçõesMST
Um comentário
  • Em Salvador, o povo tomou o Farol da Barra | Jo…
    17 abril 2016 at 16:29
    Comente

    […] Música, Cultura e homenagem aos mortos de Eldorado dos Carajás marcam ato contra o golpe em Salvador Mais de 20 mil pessoas já estão concentradas na área do Farol da Barra em Salvador. O local, que usualmente vinha sendo utilizado para os protestos dos grupos pró-golpe, foi solicitado antes pelos movimentos em defesa da democracia. Os trabalhadores sem terra baianos estão acampados no Farol da Barra desde a tarde de sábado (16) para protestar contra o golpe no país. Segundo Evanildo Costa, coordenador estadual do MST, os sem terra vieram de diversas cidades do estado desde a região oeste, Chapada Diamantina, nordeste e extremo sul, entre outras. Das 14h às 15h haverá um ato ecumênico em memória das vítimas do massacre …  […]

  • Deixe uma resposta