Sob ameaças de morte Quilombolas Ilhéus (BA) retomam território 

Comunidade tradicional do Quilombo Alto Terra Nova, retomam o território pacificamente em baixo de tiros, e seguem sendo amaçados

Na manhã de domingo (20.03), cerca de 40 membros da comunidade quilombola Alto Terra Nova fizeram uma ocupação de retomada do seu território. Segundo membros da comunidade o território na Fazenda Terra Nova, no distrito São José, km 12 da rodovia Ilhéus – Uruçucam  já foi certificado pela Fundação Palmares como Quilombo.

Os quilombolas entraram pacificamente na fazenda por volta do meio dia, sendo ameaçados por um suposto empregado da fazenda, que deu tiros para o alto e ameaçou soltar os cachorros. 

DEFENSORIA PÚBLICA

“Estamos acompanhando o caso” afirma Vladimir Correia – Defensor Público da União regional de Direitos Humanos. Correia destaca que o processo encontra-se em tramitação e  que a reintegração de posse foi suspensa a pedido da DPU.  O antigo “dono” parece ter vendido a terra para pistoleiros. A Defensoria está oficiando pedido de proteção da comunidade a Secretaria de Segurança Pública do Estado da Bahia e a Polícia Federal.  A agressão realizada foi denunciada e registrada em Boletim de ocorrência (veja abaixo).

INVASÃO NA MADRUGADA DE QUARTA-FEIRA (23.03)

Na madrugada desta quarta-feira (23), segundo afirmam os membros da comunidade Quilombola, 5 homens armados em uma caminhonete Hilux de placa JVD4F74, tentaram invadir o território. Segundo as denúncias, essa caminhonete tentou arrombar o portão de acesso a área do quilombo. Veja imagens no vídeo.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Crônica do Arrombado

Uma da madrugada esquina da São João na Nova Cracolândia… crônica de Valéria Jurado com fotos Ale Ruaro relata a imersão no território de absoluto abandono do estado

>