Sepe realiza manifestação em frente à prefeitura do Rio

Diretoria da entidade reivindica vacinação e cobra ações concretas do município para viabilizar as aulas remotas no Rio de Janeiro.

Diretoria da entidade reivindica vacinação e cobra ações concretas do município para viabilizar as aulas remotas Diretoras e diretores do Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do Rio de Janeiro (SEPE-RJ) estiveram, na manhã de hoje (17), em frente à prefeitura do Rio, reivindicando medidas de defesa da vida e vacinação aos profissionais da Educação.

Na última sexta-feira, 11/6, o sindicato se reuniu com a Secretaria Municipal de Educação (SME), cobrando o cumprimento de protocolos rígidos contra a Covid-19, além do direito dos pais e responsáveis de manterem seus filhos no ensino remoto; a da manutenção do cartão alimentação; o cumprimento da promessa do prefeito da distribuição de tablets e a garantia de acesso à internet; entre outras medidas necessárias para que a manutenção do ensino remoto seja viável, com o intuito de protegrer a vida de profissionais da educação, alunos e seus familiares.

Até então, o sindicato não recebeu resposta do governo municipal sobre as reivindicações da categoria. Além do silêncio da prefeitura, a SME publicou uma resolução com definições acerca do ensino remoto e dos protocolos contra a Covid-19 nas escolas abertas que, para o Sepe-RJ, estão na contramão das ações necessárias para conter os níveis de contaminação no município.

A entidade reforça que se manterá nas redes e nas ruas, em defesa da vida e pela vacinação.

Para acompanhar as atividades do SEPE-RJ, siga suas redes sociais. O sindicato convida profissionais da Educação à participação em assembleia da Rede Municipal na próxima segunda-feira, 21/6, às 17h (o link de inscrição será divulgado em breve).

Protesto de professores e professoras no Rio de Janeiro

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>