Rindo para não chorar

A semana em charges

Se vocêis pensa qui nóis fomos embora, nóis enganemo vocêis, fingimos que fomos e vortemos; ói nóis aqui traveis

Soltem os rojões e estourem as champanhas porque, para o bem de todos e felicidade geral da nação, o “Rindo para não chorar” – a semana em charges” está de volta!

Presepada pouca é bobagem; aqui é Brasil, p*&&@! Vem com nóis.

Por Renner

Enem f0)#&)@!

A luta dos funcionários do INEP, que se recusaram a baixar a cabeça diante das tentativas de interferência do sinistro da deseducação, Milton Ribeiro, rendeu frutos e a prova de hoje não teve “a cara do governo” como vinha sendo prometido. No entanto, algo muito mais grave do que a possibilidade de termos uma prova “conservadora” é o fato de que o número de inscritos no exame esse ano foi o mais baixo desde 2005! Fato esse que prova o tamanho do desmonte da educação brasileira. Não adianta uma prova inclusiva no conteúdo e excludente no acesso.

Por Lanza

Fome

A fome voltou desde o golpe de 16. Voltou e voltou com tudo. Não passa uma semana sem que apareça na imprensa (ou não vejamos com nossos próprios olhos na rua) imagens e relatos horripilantes sobre essa vergonha social que é termos cidadãos sem ter com o que se alimentar. Nesta semana foram os relatos das crianças que desmaiam de fome na escola. Horror.

Por Mmocanus

Auxílio campanha

O auxílio-brasil, substituto fajuto do bolsa-família, também conhecido como bolsa-bolso22, já começou mal com a exclusão imediata de 29.000.000 brasileiros. Quem diria que esse programa bagunçado e eleitoreiro iria dar ruim, né? Perplexo por aqui…

Por Céllus

10 milhacas

Tudo bem que a fonte, o deputado Delegado Waldir – também conhecido como Delegado Cafunga, por conta de sua rinite crônica, não é lá muito confiável… Mas segundo o homem a eleição do Lira saiu 10 milhões, do teu bolso, por deputado. E 20 pra Deforma da Previdência. Isso sim é custo-brasil! Só rindo para não chorar…

Por Fredy Varela

Dia da consciência negra

Esta semana tivemos o dia da consciência negra. E como todos os anos foi mantida a principal tradição da data: Um monte de brancos falando m#&)@.

Por Simch

Maringá´s Mallard

E o marreco is back. A imprensa encampou a campanha Moro22 com força e podemos esperar a partir de agora uma enxurrada de publicidade para o candidato favorito dos gringos.

Por Bacellar

Chega de intermediários

Sérgio Moro é candidato. Candidatíssimo nas palavras do Senador Oriovisto Guimarães (o Cavalheiro à esquerda na charge). Alias, o Senador do Podemos cravou: “Nós estamos considerando que ele será o presidente da república”. A declaração é extremamente forte tendo em vista que Oriovisto é fundador e pai de um dos proprietários da empresa que fornecerá 180.000 urnas eletrônicas ao TSE para a eleição de 22. Profecia autorrealizável?

Por hoje é só pessoal, semana que vem tem mais. Seguimos rindo para não chorar. Força na peruca e beijo no corassaum.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>