Rindo para não chorar

A semana em charges

Salve, camaradas! Salve, adversários (estamos de olho hein, Mr. M)! Chegou aquele momento que o Brasil estava aguardando ansiosamente desde o último domingo: Rindo para não chorar – a semana em charges – o post que resume todos os últimos absurdos e obscenidades ocorridos na Birolirolândia e no Mundo. Aqui é onde a informação encontra o deboche para um descontraído convescote dominical. Vem com nóis.

Por Aroeira

Se Leonardo dá 20…

Nesta semana finalmente saiu o relatório final da CPI da Covid – pdf do relatório completo aqui – o documento aponta para o indiciamento da patota toda: Biroliro, 01,02,03, Véio da Havan, Pazuzu, Queiroga, enfim, boa parte da quadrilha! Agora é pressionar para a aprovação e indiciamento dessa bandigem toda.

Por Jota Camelo

“Partido Militar”

Com os nove crimes com os quais pode ser indiciado, o mercado financeiro contrariado pelo auxilio-eleição, inflação explodindo, desemprego nos píncaros… Resumindo: Com o caos total no qual se encontra o Brasil, a batata do Biroliro está pra lá de assada. Sempre bom lembrar que o presidente não tem sequer um partido (!) e se quer buscar um segundo mandato precisa se encaixar em alguma legenda… Cresce a suspeita de que o genocida, seja por conta do judiciário seja por acerto de bastidores, não vá concorrer a reeleição, deixando o caminho aberto para a disputa Lula X terceira (nesse caso segunda) via. A pergunta que fica é: E o “partido militar”, que gerou e embalou Bolsonaro, fica nessa barca furada ou embarca em qualquer um dos anti-Lula?

Por Mau

Quem tá no erro, sabe

Falando em “partido militar” o apetite dos verdinhos segue voraz. Ao mesmo tempo que zera o orçamento da ciência o governo via Capes vai financiar pesquisas para… Milicos! Sim, acredite se quiser, vem aí o bolsa-reco Propex para pesquisadores militares acadêmicos fazerem siênsia de defeza! Muito importante num país tão ameaçado pelos seus vizinhos quanto o Brasil, não é mesmo? Fora, evidentemente, os espiões norte-coreanos e cubensis… É, meu senhor…Pois é, senhora… Foi-se o tempo do verde oliva, nossa atual gendarmeria é verde dólar!

Por Felipe Amarante

Miséria S.A.

Nesta última semaninha também tivemos o imenso desprazer de assistir, dentre muitas outras cenas horripilantes, famílias desesperadas fazendo coleta de alimentos na caçamba de um caminhão de lixo. O futuro da “ponte para o futuro” chegou.

Por Toni d’Agostinho

Sem caridade

No Brasil, entretanto, crise é sempre oportunidade! Stonks!

Por Cau Gomez

Fim da picada

Quem acompanha o “Rindo para não chorar” sabe que esse aqui é um espaço sério! Não costumamos dar espaços para as cortinas de fumaça e distrações de público friamente calculadas do time do Biroliro. Mas a carne é fraca e essa última birolirada não pudemos resistir.

Por Gilmar

Braço Direito

E no quesito fake news a semana nos trouxe a alvissareira notícia de que o picareta da terça livre teve prisão decretada pela justiça com direito a pedido de inclusão de seu nome na notória lista da Interpol. Ha-ha! Se fodeu lascou.

Por Bacellar

Furada

Que o teto de gastos era inexequível… Já ficou patente com 4 meses de pandemia. Que o teto não passa de arrocho no investimento social público também já era óbvio. Que o gasto público pra manter a família Bolsonaro fora da cadeia e encher os bolsos dos banqueiros, ruralistas e lobistas em geral segue absurdo também não se discute. Agora que o governo iria tentar arrombar o teto pra comprar voto pra reeleição, aparentemente, não estava nos cálculos do mercado. Que ingenuidade, né? Enquanto isso Guedes, a militarzada, as financeiras e toda turma da informação privilegiada segue fazendo fortunas a cada soluço do noticiário econômico.

Por hoje é só pepessoal! Em breve, grandes novidades no setor chargeiro dos Jornalistas Livres, aguardem! Até semana que vem. Beijo no corassáum.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>