Rindo para não chorar

A semana em charges

Saudações, humanos. Saudações humanas! Chegou o domingo, dia em que, segundo a tradição judaico-cristã, até Deus descansou… Mas os Jornalistas Livres não são Deus – mal sequer filhos de Deus! E estamos aqui na frente do pczinho, em plena domingueira, gerando conteúdo de qualidade para você! Hoje é dia de “rindo para não chorar – a semana em charges”, hoje é dia de rir de desgraça e passar raiva com o Brasil.

Só vem.

Por Cris Vector

E deu barbárie…

Rosa de Luxemburgo, nos distantes idos de 1916, cravou peremptória: “Socialismo ou barbárie”. Passados 106 anos, aqui no Brasil: Deu barbárie na cabeça. Deu barbárie de goleada. Deu barbárie e foi uma barbada… Moïse Kabagambe, de apenas 24 anos, refugiado de guerra congolês, foi brutalmente assassinado a pauladas na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, ao cobrar duas diárias de trabalho informal prestado ao quiosque Tropicália. Corre por aí que eram 200. 200 reais…

Moïse Kabagambe era refugiado de um país marcado pelo genocídio neocolonial perpetrado pela Bélgica de Leopoldo II no fim do Século XIX, e por uma das mais sangrentas guerras da história , a mais mortífera desde a Segunda Guerra Mundial, na virada do Século XX: A Segunda Guerra do Congo. O país segue convulsionado por conflitos armados e instabilidade política até hoje. A família do jovem buscou o Brasil como refúgio à violência de sua terra natal. Aqui na mãe gentil encontrou o subemprego da reforma trabalhista de Temer e a milícia carioca da família Bolsonaro. Essa é pra chorar por que não dá pra rir.

Por Duke

Um George Floyd por dia…

Mas aqui é barbárie, fio. E a Barbárie não descansa. Antes do corpo do jovem trabalhador congolês esfriar outro trabalhador inocente perdia a vida por motivo fútil na Cidade Maravilhosa cheia de sonhos mil… Durval Teófilo Filho, 38, repositor de supermercado, foi assassinado por um vizinho, Aurélio alves Bezerra, sargento da marinha, no portão de sua casa. Seu crime foi abrir a mochila para tentar pegar as chaves da própria residencia. O sargento alega que pensou que seria assaltado, por isso disparou contra a vítima de dentro do seu veículo. E pra ter certeza que realmente não seria assaltado mesmo, meeesmo, desembarcou do carro e disparou outra vez contra o homem caído.

Dou um doce – uma teta de nega bem caprichada no merengue – para quem adivinhar o que Durval Teófilo Filho e Moïse Kabagambe possuíam em comum.

Por Jefferson Portela

Comédia

Mas é claro que no Brasil varonil duas mortes são muito pouco para o apetite de sacrifícios de nosso Mamon tropical. Essa semana voltamos a bater a marca de 1000 mortes por covid19 em um único dia, após mais de 5 meses abaixo desse montante. Os números soam ainda mais gritantes quando confrontados com a declaração recente do Sinistro da Saúde, Marcelo Queiroga, de que quer ser lembrado pela história como “o homem que acabou com a pandemia de covid19”. Só pode estar no crack, o Marcelinho…

Por Lafa

Gente ruim

Estudo da instituição britânica ONS chegou a conclusão, após análises estatísticas, de que os vacinados contra o SarsCov19 possuem 93% a menos de probabilidade de morrerem de covid. Mas o filho da puta “cidadão de bem” médio brasileiro segue obcecado pelos 7%… Nem a morte do astrólogo Olavo de Carvalho, pela doença, parece convencer essa turminha do barulho da necessidade da vacinação.

Por Edu

PaiLhaço

Tenta ca mãe, guri… Que esse aí é caso perdido. Só rindo pra não chorar.

Por Fredy Varela

Tapada

Abro um parenteses aqui para confessar minha alienação e ignorância em relação ao glamouroso universo das celebridades. Sobretudo celebridades novelísticas. Não conhecia a cantora e atriz “Elizangela”, veterana global que essa semana causou furor ao destilar abobrinhas sobre a vacina (mesmo após ter sido internada supostamente com covid19) nos microfones da “mídia” especializada. Triste, né? Conhecer uma pessoa e ao mesmo tempo descobrir que se trata de uma completa tapada?

Por Marta Moura

Prestes, presente!

E dentre os milhares de mortos por covid19 essa semana o Brasil perdeu a grande lutadora e militante Maria Prestes. RIP. Nas palavras da Marta Moura, autora da charge: “Uma das maiores ativistas das pautas feministas na história de nosso país, Maria Prestes, viúva de Luís Carlos Prestes nos deixa como um verdadeiro exemplo de luta e importância no posicionamento político que uma primeira dama deveria ter, inclusive, não apreciava essa forma de tratamento, preferia ser chamada como “primeira-operária”

Por Bacellar

Beijing, Beijing. Tchau, tchau!

Começaram nesta semana as Olimpíadas de Inverno de Pequim 2022. 16 atletas brasileiros (sendo 6 paraolímpicos) representarão nosso país na China. Os jogos começam marcados pelo boicote diplomático norte-americano ao evento. 42 anos após o boicote às olimpíadas de Moscou em 1980 os EUA voltam a politizar o esporte e o evento que deveria ser um momento de união dos povos. A desculpa furada para essa nova pressão de caráter geopolítico é a “questão” dos direitos humanos em Xinjiang. O problema dessa desculpa é que se olharmos dados como números de encarceramento, mortes pelas mãos do estado, diferenças de renda, etc… Fica claro que é bem melhor ser um uyghur em Xinjiang do que, por exemplo, um negro no estado norte-americano da Geórgia…

Por Aroeira

Ataulpho ataca novamente!

Phophóca: Ataulpho Merval de Paiva Pereira (Salve, Ansioso Blogueiro!) deitou nanquim com sua rebota e mui donairosa pena para alvitrar Jair I – O Pharopheiro – à abdicar ao trono em favorecimento de Don Sérgio Fernando.

Sic transit…

Por Zé Dassilva

Crédito ou débito?

E por falar no farofeiro… Quase 30.000.000,00 R$ já foram gastos no cartão corporativo do humildíssimo comedor de leite condensado com pãozinho francês. Teria ele adquirido toda a coleção dos chinelos crocks em todas as cores e numerações? Teria ele pago entrada para todos os espectadores de suas façanhas automotivas no Betocarrero World? Teria ele trocado todos os celulares de todas as fazendas de bots administradas por todos os membros do gabinete do ódio? Não sei. Os gastos foram postos sob sigilo (e o sigilo derrubado na justiça, porém, como sabemos, o farofeiro não acata ordens judiciais.). No entanto, como a esperança é a última que morre, o Senador Cantarato, do PT, solicitou ao TCU investigação sobre os dispendiosos gastos… Vamos ver no que vai dar.

Por Rogério

Fora de focus

Tá tudo caro, né? Calma que piora. Segunda feira o Boletim Focus (que, convenhamos, tem um índice de acerto semelhante à Mãe Dinah, mas que costuma errar por otimismo em relação aos governos francamente neoliberais como o do Guedes Bolsonaro) subiu as projeções de alta da inflação de 2022 para 5,38%. Vai faltar ponte para tanta gente embaixo.

Por Lanza

Fome e penúria

O Golpe de 2016 (iniciado pelo menos desde 13 e continuado em 18) trouxe o Brasil de volta para o mapa da fome. E pra garantir uma posição sólida no famigerado mapa o governo não vem poupando esforços. o alvo da vez? O favorito de dez entre dez brasileiros: O feijão.

Por hoje é só, camaradas. Vamos aproveitar esse resto de domingo pra repor as baterias por que essa semana foi arrombadaça puxada. E semana que vem tem mais. Beijos nos corações, amores. Sigamos rindo para não chorar (sim, eu preciso repetir ad nauseam essa frase no texto por motivos de SEO. Desculpem o vacilo.)

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Craque dentro e fora do campo

O centroavante Richarlison ganhou cerca de 4 milhões de seguidores em seu Instagram após fazer os dois gols na vitória do Brasil contra a Sérvia.