RICARDO MELO: Brasil à deriva, salve-se quem puder!

Não vou repetir nem me alongar sobre a situação inédita em que vive o país. Mas vale um rápido retrato. O país está literalmente desgovernado. Ninguém, exceto os alucinados neofascistas ou os tubarões do “mercado” e seus asseclas, leva a sério o que o facínora Jair Bolsonaro fala ou deixa de falar. Governadores, prefeitos, donos de pequenos comércios – cada um faz o que quer. Feriadão em São Paulo? Quem andou pelas ruas viu que cada cidadão interpretou à sua moda a decisão. Lojas abertas, aglomerações em centros de compra, ambulantes indiferentes ao “isolamento social”, festas de socialites. O Brasil vive um momento de salve-se quem puder. O dito presidente e sua família são bandidos de papel passado. Genocidas assumidos. … Continue lendo RICARDO MELO: Brasil à deriva, salve-se quem puder!