Renúncia de impostos às petrolíferas estrangeiras bancaria “economia” do governo com Previdência

Valor poderia gerar milhares de empregos se fosse usado em investimentos públicos

Por Emílio Lopez

A cara de pau deste governo golpista é enorme. Com a Reforma da Previdência, ele quer arrancar a fórceps R$ 476 bilhões dos contribuintes mais pobres. Para isso, já investiu mais de R$ 100 milhões em campanha publicitária. É uníssono em toda imprensa golpista o discurso terrorista de que se não for aprovada, a Previdência o país quebra.

A “economia” (leia-se tungada nos direitos do povo) da Reforma da Previdência em 10 anos é de R$ 476 bilhões, já a renuncia de receita às petrolíferas estrangeira em 23 anos é de R$ 1 trilhão, isto sem falar do perdão de impostos de R$ 54 bilhões.

Entenda o tamanho da tungada da Reforma da Previdência

Vejamos os números da dita “economia gerada pela Reforma da Previdência”.

Em dezembro de 2016, o valor seria de R$ 678 bilhões até 2027. Estes números foram escrutinados no Congresso Nacional e houve até questionamentos no Supremo Tribunal Federal.

Em abril de 2017, o governo publicou uma nota que aponta que a economia para o mesmo período seria de R$ 793 bilhões, mas com as mudanças introduzidas no relatório da Comissão Especial da Reforma da Previdência, a economia seria R$ 604 bilhões, ou seja, cerca de 76% do inicialmente projetado. (http://www.fazenda.gov.br/noticias/2017/abril/analise-das-mudancas-na-pec-287-2016-2013-reforma-da-previdencia)

Como o governo tem encontrado enorme dificuldade para chegar aos 308 votos necessários para passar a Reforma, a solução foi ceder mais um pouco e finalmente chegamos ao valor de R$ 476 bilhões, 60% do inicial (R$ 793 bilhões).

O tamanho da Renuncia de Receita

A renúncia de receita aprovada por Temer para ajudar as “pobrezinhas” das grandes petrolíferas estrangeiras será de R$ 1 trilhão até 2040, como consta da Medida Provisória 795/17, conhecida como MP da Shell. O valor, se fosse revertido em investimentos públicos, poderia gerar emprego para milhares de trabalhadores.

Mas a festa da gastança para os ricos é ainda maior, além da renúncia, as petrolíferas estrangeiras conquistaram o perdão de R$ 54 bilhões de impostos atrasados. E não podemos esquecer que para evitar que Temer “caísse” os ruralistas também receberam uma renuncia de R$ 15 bilhões.

Este breve relato explica em parte como o governo Temer promove uma verdadeira “festa da gastança do dinheiro público” onde só entram os mais ricos e cabe aos mais pobres apenas rachar a conta.

O terrorismo midiático cumpre o papel de esconder as renúncias de receitas aos ricos. Enquanto isto, para garantir os lucros das petroleiras, o preço do gás já subiu 88% e o da gasolina acima de 17% desde que o golpista tomou posse.

Esta é a tragédia cotidiana do golpe contra o povo brasileiro, que vai ajudar os ricos a ficarem mais ricos e os pobres cada vez mais pobres.

Categorias
BrasíliaGeral
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta