R$ 353 milhões são gastos em obra contra enchente mas São Bernardo do Campo vira um rio

Prefeito, do PSDB, de São Bernardo do Campo diz investir R$ 353 milhões em obras contra enchentes mas cidade virou um piscinão a céu aberto

A cidade de São Bernardo do Campo virou um rio após uma chuva de pouco mais de 3 horas, na tarde de ontem (21). Na região central da cidade, carros ficaram submersos, lojas perderam todos seus produtos, shoppings foram afetados e até a biblioteca da UFABC teve que ser esvaziada para que os livros não estragassem com a enchente.

Em maio de 2018 a prefeitura de São Bernardo do Campo publicou em seu site, com orgulho, que mais uma etapa das obras contra as enchentes e alagamentos na região do Paço Municipal estavam finalizadas. Segundo o site, a obra foi “inaugurada” na presença do prefeito Orlando Morando, do vice-prefeito Marcelo Lima, e técnicos da Prefeitura. Segundo o governo municipal, em maio foi concluída uma etapa do túnel, de 950 metros, com um diâmetro de 6,20 metros, que liga o Paço a Alameda Glória e que tem como função principal auxiliar no escoamento da água.

Registros da prefeitura mostram que a intervenção compõe o pacote de investimento, que custou R$ 353 milhões aos cofres públicos e tem previsão de conclusão até novembro do ano que vem.

O estranho é que uma obra tão cara não serviu pra nada. Nas imagens abaixo é possível ver imagens de como a cidade ficou.

Mídia democrática, plural, em rede, pela diversidade e defesa implacável dos direitos humanos.

Categorias
PolíticaTrabalhadores
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta

AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish