Projeto Futuro do Presente, Presente do Futuro #73 – Marcos Muzi: O Foco das Coisas

Marcos Muzi apresenta o 73º ensaio do Projeto Futuro do Presente, Presente do Futuro - Imagens que narram nossa história
Marcos Muzi. Foco
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

O Foco Das Coisas.

Foco é onde colocamos a atenção. É o ponto eleito entre todos os outros pontos da cena. Quando é clicado esse ponto de vista congela-se para a posteridade.

Este ensaio tem a ver com esse congelamento da atenção. De como podemos ser iludidos por um borrão ao fundo ou em primeiro plano. As coisas parecem ser o que são e são o que não parecem , tal qual uma fake news.

Por que dar visibilidade nos incêndios da Amazônia e ignorar o fedor do Rio Tietê ou do Pinheiros?

Incertezas em todas as áreas, da política aos costumes passando pela arte e saúde. Existirá foco nessa massa disforme do futuro?

Marcos Muzi. Agro é Fogo
Marcos Muzi. Bordas
Marcos Muzi. Front
Marcos Muzi. Fronteiras
Marcos Muzi. Limites
Marcos Muzi.  O Foco Rompe Barreira
Marcos Muzi. O Novo Normal
Marcos Muzi. Paradoxo
Marcos Muzi. Petynguá
Marcos Muzi. Ponto de Fuga
Marcos Muzi. Quarentena
Marcos Muzi. Redes Tramas
Marcos Muzi. Redes
Marcos Muzi. Foco

.

Minibio

Marcos Muzi é fotógrafo desde a década de 80 . Trabalhou em jornal (“O Diário” de Piracicaba-SP), revista (Manchete, Editora Bloch) e como frila em varias outras .

É coautor do livro “EstereoFluxos São Paulo” Gavin/Muzi/Cotait.
Como artista visual participou da criação de exposições com temática em ilusão óptica: SP3D (Masp, 2004/5) ILUSÃO DE VERDADE (Sesc Pompéia, 2004), O MUNDO MÁGICO DE ESCHER (CCBB SP, RJ, DF 2011/5), ENIGMAS CROMÁTICOS com imagens autorais (Sesc Osasco , 2014), e recentemente MIRAÇÃO (Muzi/Cotait) (Mostra 3M de Arte, Largo da Batata, 2018).

Marcos Muzi participa do coletivo Fotógrafos Pela Democracia

.

Para conhecer mais o trabalho do artista

https://www.instagram.com/MarcosMuzi/

.

Pela vida, enquanto houver.

.

O projeto Futuro do Presente, Presente do Futuro é um projeto dos Jornalistas Livres, a partir de uma ideia do artista e jornalista livre Sato do Brasil. Um espaço de ensaios fotográficos e imagéticos sobre esses tempos de pandemia, vividos sob o signo abissal de um governo inumanista onde começamos a vislumbrar um porvir desconhecido, isolado, estranho mas também louco e visionário. Nessa fresta de tempo, convidamos os criadores das imagens de nosso tempo, trazer seus ensaios, seus pensamentos de mundo, suas críticas, seus sonhos, sua visão da vida. Quem quiser participar, conversamos. Vamos nessa! Trazer um respiro nesse isolamento precário de abraços e encontros. Podem ser imagens revistas de um tempo de memória, documentação desses dias de novas relações, uma ideia do que teremos daqui pra frente. Uma fresta entre passado, futuro e presente.

Outros ensaios deste projeto: https://jornalistaslivres.org/?s=futuro+do+presente

COMENTÁRIOS

  • POSTS RELACIONADOS

    >