Diário do bolso: o panelaço contra o genocida

Olha, Diário, o que esses paneleiros querem é o meu “impichimem”! Me dá um arrepio só de escrever essa palavra. O Dudu me explicou que ela vem do inglês é quer dizer “jogar piche no homem”. Ele acha que deve ter tido um presidente em que atiraram piche, tipo o Gerald Nixon, e aí o nome pegou.

Por José Roberto Torero*  E o panelaço…. Diário, ainda bem que você não tem ouvido, senão ia ter escutado os panelaços de ontem.

No Brasil todo osesquerdalhas fizeram barulho. E ontem pode ter tido uns centralhas e até uns direitalhas. Foi muita gente!

O treco estava marcado pras 20h30, mas eles não conseguiram se segurar e começaram antes. Os caras sofrem de panelação precoce!

E tudo isso por causa de quê?

– Só por causa que já tem 55 países vacinando e aqui, nada?

– Só por causa que eu disse que máscara não adianta porcaria nenhuma?

– Só por causa que eu falei que loquidaum é bobagem?

– Só por causa que a gente não conseguiu a vacina inglesa da Índia?

– Só por causa que eu disse que não ia usar a vaChina e agora só tem ela?

– Só por causa que eu disse que as empresas é que tinham que vir atrás da gente e aí gente ficou parado?

– Só por causa que, em vez da Polícia Federal ver se o dinheiro da covid estava sendo bem gasto, estava mais preocupada em esconder as rachadinhas do Flávio?

– Só por causa que eu menti de novo e até o Twitter bloqueou minha mensagem?

– Só por causa que eu fiquei jogando bola e nadando nesse fim de ano em vez de trabalhar? Pô, que gente exigente! Se eu não tiro umas férias, fico estressado!

Olha, Diário, o que esses paneleiros querem é o meu “impichimem”!

Me dá um arrepio só de escrever essa palavra. O Dudu me explicou que ela vem do inglês é quer dizer “jogar piche no homem”. Ele acha que deve ter tido um presidente em que atiraram piche, tipo o Gerald Nixon, e aí o nome pegou.

Bom, isso não interessa. O que interessa é que eu tenho sorte de o Rodrigo Maia ([email protected])ser um bundão e não fazer nada. Se bem que ele marcou uma reunião estranha com o Alcolumbre para hoje. Será que ele vai usar um dos 55 pedidos de impichimem contra mim?

Será? Será? Será?

*José Roberto Torero é autor de livros, como “O Chalaça”, vencedor do Prêmio Jabuti de 1995. Além disso, escreveu roteiros para cinema e tevê, como em Retrato Falado para Rede Globo do Brasil. Também foi colunista de Esportes da Folha de S. Paulo entre 1998 e 2012.

#diariodobolso

PS: Diário, fiquei com um carrapato atrás da orelha: é que o Carluxo postou no Twitter a imagem dele batendo numa panela com um pênis deborracha. Pô, como é que ele tinha isso em casa? Será que ele é… Será que ele morava com o Índio por causa que… Será que ele fica falando o tempo todo em “bumbuns gulosos” por causa que… Não, não, de jeito nenhum! Isso é tão impossível quanto jogarem piche em mim.

Panelaço contra o genocida

COMENTÁRIOS

  • Caramba! Tudo que vc escreveu, eu posto no face a bastante tempo! Concordo plenamente, com tudo!

  • POSTS RELACIONADOS

    Diário do Bolso: “se gritar ‘pega Centrão’, não fica um”

    O general Augusto Heleno, que cantou “Se gritar ‘pega Centrão’, não fica um, meu irmão…”, agora diz que o Centrão nem existe. Acho que ele vai trocar a letra dessa música pra alguma coisa assim: “Se gritar ‘pega Centrão’, o governo inteiro levanta a mão…”

    >