O Brasil e o mundo em 30′: a situação das mulheres num mercado de trabalho hostil

Empregadas domésticas, na sua maioria mulheres negras, são 13% da força de trabalho feminina no Brasil
Empregadas domésticas, na sua maioria mulheres negras, são 13% da força de trabalho feminina no Brasil

Nesse sexto episódio do Programa “O Brasil e o Mundo em 30 minutos”, as professoras e pesquisadoras do NPEGen (Núcleo de Pesquisa em Economia e Gênero da FACAMP) Daniela Gorayeb e Juliana Filleti e o Economista Daniel Höfling debatem a situação da mulher no mercado de trabalho no Brasil. Embora tenha aumentado o número de pessoas ocupadas nos últimos meses, as mulheres encontram-se numa situação bastante desfavorável com relação aos homens. Muitas delas estão subocupadas porque precisam dividir o tempo de trabalho fora de casa com os afazeres domésticos, tornando-as indisponíveis para ocuparem trabalhos melhor remunerados. O resultado disso é que seu rendimento médio é 30% menor que o dos homens. A situação é ainda pior para as mulheres negras.

Veja outros episódio de “O Brasil e o Mundo em 30 Minutos” AQUI, AQUIAQUI e AQUI

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

A hora do voto útil

Não se trata mais de Lula ou PT. Se trata de dar um basta nesta loucura que o país se meteu

>