MST vende arroz com 13% de desconto, após entrevista de Lula no JN

MST vende arroz com até 20% de desconto após entrevista de Lula no Jornal Nacional
Colheita de Arroz Foto: Reprodução/ MST- Alexandre Garcia
Colheita de Arroz Foto: Reprodução/ MST- Alexandre Garcia

Foi marcante a defesa que Lula fez do MST (Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terra), durante a entrevista ao Jornal Nacional, nesta quinta (25). Lula disse que o MST de hoje é diferente do MST do passado, que o MST nunca ocupou terras produtivas, e que as cooperativas ligadas ao MST são responsáveis pela produção do maior volume de arroz orgânico do Brasil. Por isso, o movimento fez uma ação de marketing de oportunidade muito bem bolada: Nesta sexta, o MST vendeu o arroz produzido nos seus assentamentos com descontos de 13%. Em algumas lojas em São Paulo e Belo Horizonte o desconto chega a 20%.

A promoção foi apelidada de “Sextou com Lula”. O candidato, ao ser questionado pela jornalista Renata Vasconcellos se a ligação do Partidos dos Trabalhadores com o MST poderia prejudicar as futuras relações entre Lula e o agronegócio, respondeu que “O MST está fazendo uma coisa extraordinária: está cuidando de produzir. Não sei se você sabe, o MST hoje tem várias cooperativas. O MST é o maior produtor de arroz orgânico do Brasil. Você tem que visitar uma cooperativa do MST, Renata. Você vai ver que aquele MST de trinta anos atrás não existe mais. 

Ex-presidente Lula ainda fez críticas ao desmatamento na amazônia e no pantanal causados pela expansão do agronégocio.“O setor do agronegócio faz oposição ao meio ambiente, ao meio ambiente sustentável. Você [Renata Vasconcellos] está lembrada que o atual presidente tinha um Ministro do Meio Ambiente que dizia que era para invadir com a boiada para desmatar a Amazônia. Nós não precisamos plantar milho, soja ou cana nem criar gado na Amazônia. O que nós precisamos é explorar corretamente, cientificamente, a biodiversidade da Amazônia para que a gente tire daquela riqueza da biodiversidade produtos para a indústria de fármacos, para a indústria de cosméticos e gerar emprego para aquelas pessoas”

As compras de arroz com desconto podem ser feitas presencialmente e pelo site do Armazém do Campo, o prazo de entrega é de 4 dias úteis. 

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Capa

Os inimigos do governo Lula

Os inimigos do governo Lula já fazem perceptível sua presença dentro e fora do governo, instalados em posições importantes.