LGBTQI+ e Mulheres contra Bolsonaro em Cuiabá

O #4DBolsonaroNuncaMais coincidiu esse ano na capital de Mato Grosso com a Parada do Orgulho LGBTQIA+

Fotos por: Francisco Alves

Enquanto em dezenas de cidades pelo Brasil as mulheres estiveram à frente de protestos contra o governo genocida numa nova versão do #EleNão, em Cuiabá foram os LGBTQIA+ que lideraram as marchas denunciando o machismo, o fascismo, o racismo e, claro, a LGBTfobia.

Na tarde deste sábado (4|12), sob o tema “Família de LGBTQIA+ orgulho de re(existir)” cerca de 5 mil pessoas marcharam e se reuniram na Praça Ipiranga – zona central de Cuiabá, para apresentações artísticas e culturais. A Parada é realizada na mesma semana em que deputados da Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) rejeitaram o projeto de lei que visava criar o Conselho Estadual LGBTQIA+ no estado.

Veja os registros da manifestação

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

O que é social-liberalismo?

É fundamental que todos tenham nítido sobre qual escolha Lula fez para não se queixar sobre o peixe que comprou

>