Indigenista brasileiro e repórter do The Guardian estão há mais de 24h desaparecidos no Vale do Javari, no Amazonas

Bruno Araujo Pereira, indigenista da Funai, e o jornalista Dom Philips desapareceram quando se deslocavam entre a comunidade ribeirinha São Rafael e a cidade de Atalaia do Norte, para visitar uma equipe de Vigilância Indígena. Os dois deveriam ter retornado na manhã do último domingo (5). Phillips, que é colaborador do The Guardian, pretendia entrevistar indígenas no local. Araújo, que o auxiliava, era alvo constante de ameaças pelo trabalho que vinha fazendo contra invasores na região.

A União das Organizações Indígenas do Vale do Javari divulgou uma nota, relatando o caso.

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Cadê a água limpa e livre que tinha lá?

Há muitos anos, amanheci de pesadelo, onde alguém faria Kararaô, hoje chamada hidrelétrica Belo Monte, sonho ruim. Tenotã-mõ*. Sonhara com a presidenta Dilma, à época

>