IGUAL A VOCÊ – UM POEMA

Homenagem às crianças palestinas mortas no conflito com Israel. De acordo com a UNICEF, até agora foram ao menos 40 crianças assassinadas.
Crianças palestinas refugiadas na Síria. Foto do Livro Infância Refugiada - Retratos de um conflito de Karine Garcez.

Desde o dia 10 de maio, de acordo com a UNICEF, ao menos quarenta crianças palestinas foram mortas: “a idade dessas crianças era entre seis meses até dezessete anos. Mais da metade deles tinha menos de dez anos. Mais de mil pessoas em Gaza foram feridas, algumas de forma extrema, incluindo um grande número de crianças.”

Nós nos parecemos contigo
Nós nos parecemos contigo

Nós até soamos como você,
na forma como falamos,
Canta e
Dança,
Nós soamos como você.

Apaixonamo-nos como tu
Nós escrevemos poemas românticos
Sobre meninas bonitas,
e meninos bonitos
Apaixonamo-nos como tu

Nós ficamos zangados como você
Quando nossas crianças se comportam mal
Quando o nosso time de futebol perde um jogo
quando o nosso povo é massacrado como uma questão, é claro
Nós ficamos zangados como você

Nós sangramos como você
Quando nós chocamos os dedos dos pés
Quando a gente faz a barba
e quando as bombas rasgam o membro do nosso corpo
Nós sangramos como você

Nós morremos como você.
Quando envelhecemos demais
Quando ficamos muito doentes
ou quando o Fósforo Branco queima a nossa pele e faz buracos nos nossos corpos
Nós morremos como você.

E como tu, tudo o que queremos é respeito
Para se apaixonar
para ter filhos
Viver em casas que permanecem de pé

Tudo o que queremos é ser livres
Igual a você.

(Ramzy Baroud)

COMENTÁRIOS

  • POSTS RELACIONADOS

    >