Formação da União Regional dos Estudantes no interior paulista

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

São Roque e cidades vizinhas assistiram, neste início de ano, a formação da União Regional dos Estudantes, a URE. Gestada no segundo semestre de 2016, no contexto das manifestações contra a PEC 241/55 (PEC do Fim do Mundo) e a Reforma do Ensino Médio, a URE é composta por estudantes dos municípios de Alumínio, Araçariguama, Ibiúna, Mairinque, São Roque e Vargem Grande Paulista.

Em evento na Câmara de São Roque sobre a nova política municipal, a URE ocupou o púlpito da casa e reivindicou, entre outras coisas, a criação de um Conselho Municipal da Juventude (veja texto abaixo).

Neste primeiro momento, a URE apresentou como interesse primordial organizar e dar voz aos estudantes para possibilitar que os mesmos tenham uma maior participação na política regional e assim reivindicar os direitos do segmento na sociedade (empoderamento da juventude). Elenca uma série de questões que se debruçará, principalmente: melhora na infraestrutura precária das escolas, problemas com a merenda escolar, falta de passe escolar, etc. Para isso, solicita a participação e interação com os grêmios estudantis da região.

No contexto de crise das agremiações políticas tradicionais e o surgimento de Frentes Populares lutando contra a tentativa de diferentes governos, principalmente o federal, de retirar direitos conquistados nos últimos anos, a criação da URE mostra-se como um alento para aqueles que clamam “nenhum direito a menos”.

Reunião da URE com vereador (08/02/2017)

[No debate organizado pelo vereador Guto Issa sobre a nova política de São Roque, representantes da URE compareceram à Câmara e deram o seu recado – leia abaixo carta-manifesto]

“Antes de mais nada gostaria de agradecer e parabenizar o Vereador Guto Issa pela iniciativa de fazer um debate aberto da nova política da cidade. É muito importante termos momentos como esse, mas a dúvida que nos surge é, que nova política será essa? Será que a “nova política” a qual o título se refere será uma política com participação popular? Ou será uma política como a anterior?

Como eu disse antes, estou aqui em nome da URE, União Regional dos Estudantes, um movimento criado com o objetivo de unir todos os estudantes da região, para que juntos possamos nos organizar, e lutar por um lugar com cultura, educação, transporte e um espaço para juventude.

A União Regional dos Estudantes foi criada com o intuito de fazer do estudante uma parte da democracia, com voz e poder para reivindicar seus direitos.

Acreditamos que nessa nova política exista um respeito e diálogo maior com a população, que momentos como esse vão ocorrer mais vezes.

Para nós da União Regional dos Estudantes uma nova política é uma política do povo, onde somos ouvidos e respeitados. Uma política que dá transporte barato e de qualidade para população, uma escola pública boa com manutenção e estrutura boa. E que não desabe uma avenida ou um auditório por falta de administração. Uma política com prefeitos, vereadores e secretários que queiram lutar ao lado do povo, não contra o povo.

Estamos cansados de administrações como a anterior: o povo se opôs, o povo lutou, fez greve, desfilou de preto, vaiou, e não fomos ouvidos, mas precisamos ser.

Falo em nome de todos aqui quando digo que nessa nova política precisamos de um espaço maior para a população, esse espaço é extremamente necessário e deve ser imediato.
É prioritário nessa nova política a criação do CMJ (Conselho Municipal da Juventude): que nada mais é que um conselho formado pela juventude, representantes do governo municipal, movimento estudantil, movimento de gênero, e outros, que desenvolvam atividades organizadas por jovens ou para jovens e defendam interesses juvenis nas suas diferentes expressões, que desenvolvam iniciativas de interesse público, que contribuam para a dinamização de variadas atividades culturais, desportivas, sociais e outras, junto à juventude. Fiscalizando e debatendo a política da juventude.

A URE está aberta para conversa e para responder qualquer dúvida sobre o CMJ. Peço aqui para que o vereador Guto Issa marque debates onde realmente a juventude esteja presente do outro lado da mesa, porque nós sentimos na pele a situação de nossas escolas, a dificuldade de nossos professores e diretores, sabemos das dificuldades de acesso à escola, do reprimido movimento cultural. Espero que o Guto Issa tenha compreendido a necessidade desse Conselho e nos procure para criá-lo.

Boa Noite, e mais uma vez obrigado pela palavra.”

Para acessar a página da URE:

https://www.facebook.com/Uni%C3%A3o-Regional-dos-Estudantes-Regi%C3%A3o-de-S%C3%A3o-Roque-656968687823376/?fref=ts

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>