Fábio Júnior da Silva é morto em São Felix do Xingu, no Pará

Corpo é encontrado carbonizado e existe suspeita de homofobia. Movimento estudantil e pastorais populares protestam contra a barbárie.

NOTA DE REPÚDIO CONTRA O ASSASSINATO DO ESTUDANTE FÁBIO JÚNIOR SILVA

O Diretório Central dos Estudantes da Unifesspa vem através desta lamentar a brutal morte do jovem estudante Fábio Júnior Silva, que cursava licenciatura em letras no campus da universidade em São Félix do Xingu, e neste final de semana teve sua vida ceifada de forma cruel por pessoa sem humanidade que não satisfeita em tirar a vida do próximo, chegou ao ponto de carbonizar o corpo da vítima.

Exigimos que as autoridades policiais se esforcem para elucidar tão logo essa barbaridade e cheguem aos autores do crime para que paguem por essa crueldade.

Com muito pesar nos solidarizamos com a família, amigos, professores e colegas do Fábio, que passam por esse difícil momento de dor e revolta.

Assim como ele, também acreditamos no poder transformador da educação, em mudar realidades e sociedades, seguiremos sua luta rumo a construção de uma cultura de paz, e educação com respeito ao próximo e valorização da vida.

Categorias
DestaquesDireitos Humanos
Seja o primeiro a comentar

Deixe uma resposta