Diário do Bolso: entrevistinha com o despresidente

TAÍS: Excrementíssimo, o sr. prefere que essa CPI acabe em leite condensado ou em pizza? Eu: Pizza de leite condensado. ACHILLES: Bolso, o que você acha da CPI no Senado? Vai rolar? Eu: Vai rolar, mas minha turma vai enrolar.

Por José Roberto Torero*  Entrevistinha com o despresidente…. Vocês mandaram as perguntas e eu vou responder,talkei? Mas só algumas, que eu não gosto daquele monte de letra amontoada.

Vomlá!

SÉRGIO: Bolso, como você, tão estúpido, tão limitado, tão reles, consegue ter apoio na Zelite?

Eu: É que a Zelite é igual que nem eu.

ROSELI: O que você acha do modelito da calcinha apertada do Doriana?

Eu: Uma indecência. Dá até pra ver a religião do sujeito.

EDUARDO: O O1 já marcou o churrasco de inauguração da casa nova?

Eu: Já. E só vai ter carne de ema.

TAÍS: Excrementíssimo despresidente, o sr. prefere que essa CPI acabe em leite condensado ou em pizza?

Eu: Pizza de leite condensado.

ROGÉRIO: Desprezivelzíssimo despresidente, o senhor fez curso pra mentir e desmentir ou é um dom natural seu?

Eu: É treino, Rogério. Fiquei quase trinta anos no Congresso.

MARIZETE: Excrementíssimo despresidente, seus seguranças são obrigados a ficar sem máscara ou é por iniciativa própria?

Eu: São obrigados, é claro. Comigo, nariz de fora faz parte do uniforme.

RICARDO: Bozo, quando é que o senhor fará uma visita a Araraquara?

Eu: Nunca! Os araraquaranosloquidauistas jamais terão o prazer de receber os meus perdigotos!

ALINE: Despresidente, a artimanha pra 2022 será o quê?

Eu: O Adélio vai confessar que o mandante da facada foi o Lula.

ALESSANDRA: Bozo, quais serão seus argumentos para “tentar” entrar no Reino de Deus quando você bater as botas?

Eu: Vou dizer assim: “Bom dia, seu Pedro, mandei mais de meio milhão de almas pra cá. Posso entrar?”

CARLA: Bozo, é boa a sensação de não ter que fazer exame de DNA, já que todos os filhos são imbecis, violentos, desonestos e babacas como você?

Eu: Muito boa. Dá uma segurança, sabe? Mas a menina…, não sei não…

MARIA CLÁUDIA: Excrementissimo, o senhor não tem medo de acabar governando um país devastado por uma doença, pela falta de competência e pela roubalheira?

Eu: Não. Nenhum. Desde que eu esteja por cima, não importa o que está por baixo.

EDUARDO: Bolso, qual desculpa pretende inventar para fugir dos debates em 2022?

Eu: Alergia a frutos do mar.

ACHILLES: Despresidente, o que você acha da CPI no Senado? Vai rolar?

Eu: Vai rolar, mas minha turma vai enrolar.

RODRIGO: Todo bolsonarista é negacionista?

Eu: Não é não!

José Roberto Torero é autor de livros, como “O Chalaça”, vencedor do Prêmio Jabuti de 1995. Além disso, escreveu roteiros para cinema e tevê, como em Retrato Falado para Rede Globo do Brasil. Também foi colunista de Esportes da Folha de S. Paulo entre 1998 e 2012.

#diariodobolso

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

Diário do Bolso: “se gritar ‘pega Centrão’, não fica um”

O general Augusto Heleno, que cantou “Se gritar ‘pega Centrão’, não fica um, meu irmão…”, agora diz que o Centrão nem existe. Acho que ele vai trocar a letra dessa música pra alguma coisa assim: “Se gritar ‘pega Centrão’, o governo inteiro levanta a mão…”

Diário do Bolso: entupido e não cheirando bem

Os canhotos riem, mas esse meu entupimento veio bem a calhar. Como estou com cagaço de enfrentar essa CPI da covid, aproveitei o meu estado descocomentoso pra me fazer de vítima. Aquela foto de mim cheio de tubo já foi isso. Porque o meu marquetim é esse: quando não tô matando, tô morrendo.

Diário do Bolso: a esquerdalha ri do meu soluço, hic

Teve um sujeito que, hic, disse que o Lira tinha que botar o, hic, pedido de impitimem em pauta, que aí o susto, hic, ia me curar. E outro respondeu que melhor ainda seriadizer que, hic, tinham recuperado as, hic, mensagens do celular do Dominghetti.