Deputados salvam pmdbistas da cadeia e PM reprime manifestantes com bombas

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

Márcio Anastacio para os Jornalistas Livres

A Assembleia Legislativa do Estado Rio de Janeiro (ALERJ) decidiu soltar três deputados do PMDB em votação realizada sob protestos da população. Por 39 a 19 votos, o plenário revogou a ordem do Tribunal Regional Federal da Segunda Região (TRF2) que determinava a prisão preventiva dos deputados Jorge Picciani, Edson Albertassi e Paulo Melo.

Na porta da casa legislativa, manifestantes de várias tendências se reuniram para pressionar os deputados. O povo exigia que os legisladores votassem contra a revogação da ordem emitida pelo TRF2. Pedido não atendido e reprimido com bala de borracha e bomba de gás lacrimogêneo.

A reportagem dos Jornalistas Livres flagrou o atendimento de um manifestante atingido na testa. Rapidamente ele foi socorrido pela Cruz Vermelha que realizou o socorro em uma das ruas por onde os manifestantes escaparam das bombas de gás.

Em uma votação conturbada, a Justiça concedeu liminar para abrir as galerias da Assembleia, mas a presidência da Casa só deu acesso aos assessores dos deputados presentes no plenário, ação que revoltou os manifestantes. A bancada do PSOL na Alerj vai entrar com ação na Justiça para anular a sessão desta sexta-feira (17/11), realizada com as galerias fechadas em descumprimento à decisão judicial, e com irregularidade na convocação da sessão desta sexta.

A Comissão de Ética da Alerj também receberá um pedindo investigação dos fatos contra os três deputados pmdebistas. As ações serão abertas para outros deputados que queiram aderir.

Saiba como foi a votação:

Votaram pró Picciani, Paulo Melo e Albertassi:

André Ceciliano – PT
André Corrêa – DEM
André Lazaroni – PMDB
Átila Nunes – PMDB
Chiquinho da Mangueira – Pode
Christino Aureo – PSD
Cidinha Campos – PDT
Coronel Jairo – PMDB
Daniele Guerreiro – PMDB
Dica – Pode
Dionísio Lins – PP
Fábio Silva – PMDB
Fatinha – SD
Filipe Soares – DEM
Geraldo Pudim – PMDB
Gustavo Tutuca – PMDB
Iranildo Campos – PSD
Jair Bittencourt – PP
Jânio Mendes – PDT
João Peixoto – PSDC
Luiz Martins – PDT
Marcelo Simão – PMDB
Marcia Jeovani – DEM
Marco Figueiredo – Pros
Marcos Abrahaão – PTdoB
Marcos Miller – PHS
Marcio Canela – PSL
Marcus Vinícius – PTB
Milton Rangel – DEM
Nivaldo Mulim – PR
Paulo Ramos – PSOL*
Pedro Augusto – PMDB
Renato Cozzolino – PR
Rosenverg Reis – PMDB
Silas Bento – PSDB
Thiago Pampolha – PDT
Tio Carlos – SD
Zaqueu Teixeira – PDT
Zito – PP

Votaram contra a cúpula do PMDB:

Benedito Alves (PRB)
Carlos Macedo (PRB)
Carlos Minc (Sem partido)
Carlos Osório (PSDB)
Julianeli (REDE)
Eliomar Coelho (PSOL)
Enfermera Rejane (PCdoB)
Flavio Bolsonaro (PSC)
Flavio Serafini (PSOL)
Gilberto Palmares (PT)
Luiz Paulo (PSBD)
Marcelo Freixo (PSOL)
Marcia Pacheco (PSC)
Martha Rocha (PDT)
Samuel Malafaia (DEM)
Wagner Montes (PRB)
Waldeck Carneiro (PT)
Wanderson Nogueira (PSOL)
Zeidan (PT)

  • Afastado para expulsão: http://ift.tt/2AWqkD1)

Fotos: Francisco Proner e Guilherme Imbassahy para os Jornalistas Livres

COMENTÁRIOS

POSTS RELACIONADOS

>